Esse é o Plano – 728×90

 

Evento acontece de 22 a 25 de maio / Foto: Divulgação

Durante a 8ª Rondônia Rural Show, de 22 a 25 de maio, a Embrapa irá lançar dez cultivares clonais de cafés híbridos, que reúnem características das variedades conilon e robusta.

Com este pacote tecnológico, além de o cafeicultor saber quais clones deverão ser combinados na lavoura, será possível também escolher individualmente cada material, de acordo com as características desejadas: produtividade, qualidade da bebida, resistência a doenças, entre outras.

As cultivares de café são recomendadas para a Amazônia Ocidental e noroeste de Mato Grosso. “O lançamento de clones individuais é uma novidade mundial para a espécie Coffea Canephora e que vamos levar ao público na Rondônia Rural Show”, comenta o chefe de pesquisa da Embrapa Rondônia, Alexsandro Teixeira.

Também será lançado na feira o aplicativo Arbopasto, desenvolvido pela Embrapa e a Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS). Com ele, o produtor pode escolher as espécies de árvores nativas mais adequadas a cada pastagem.

O Arbopasto está disponível no GooglePlay, para dispositivos que operam com Android, e também pode ser acessado na internet por celulares, tablets, computadores e até smart TVs com qualquer sistema.

A tecnologia disponibiliza informações de 51 espécies arbóreas nativas da Amazônia Ocidental de forma rápida por meio de uma série de funcionalidades, como filtros de busca para a procura por espécies considerando suas principais características.

Os ganhos de inserção de árvores nas pastagens são muitos: podem diversificar os produtos obtidos na propriedade e elevar a renda, melhorar o microclima e oferecer mais conforto térmico e bem-estar ao animal, aumentar a fertilidade do solo e até tornar a paisagem mais agradável.

A 8ª Rondônia Rural Show será realizada de 22 a 25 de maio, no Centro Tecnológico Valdeci Rack, localizado na Rodovia BR-364, Km 333, Zona Rural, no município de Ji-Paraná, Rondônia. Os portões estarão abertos a partir das 7h30 e fecham às 18h.

A Vitrine Tecnológica da Embrapa contará com mais de 50 cultivares de plantas desenvolvidas pela Empresa. São diversas opções disponíveis para o pequeno, médio e grande produtor.

Tecnologias para a produção de grãos, produção animal, pastagens, fruticultura, cafeicultura e mandiocultura, atividades de grande relevância para o Estado e região. Além disso, uma equipe técnica da Embrapa Rondônia estará disponível durante toda a feira para sanar dúvidas e promover o intercâmbio de conhecimento com o público.

DESTAQUES

Neste ano, a Embrapa apresentará ao público duas novidades em sua vitrine tecnológica. Uma delas é o Laboratório Embrapa, que será montado com microscópio, lupa e outros itens que vão proporcionar ao visitante conhecer melhor a ciência que há na agricultura e poderá interagir com a equipe técnica e equipamentos, visualizando pragas e doenças que atacam as culturas agrícolas. Uma mostra de que a agricultura é movida à ciência.

A outra novidade é a apresentação de equipamento utilizado na operação de desbrota da bananeira para remoção das gemas apicais, o Desperfilhador de bananeira por roto-compressão. Este dispositivo desenvolvido pela Embrapa substitui a tradicional “Lurdinha”, reduzindo em 20% o tempo de operação quando comparado a esta e apresentando eficiência de quase 100% na remoção dos brotos, ou seja, não ocorre a rebrota, evitando o retrabalho e aumentando o intervalo entre as desbrotas.

A bananeira produz muitos brotos, o que leva ao número excessivo de plantas por touceira, competindo entre si, interferindo negativamente no tamanho dos frutos, acarretando em redução da produção e menor vida útil do bananal.

Nesse sentido, o controle do número de plantas por touceira torna-se fundamental para o manejo de bananais em que se busca elevada produtividade. Os visitantes poderão ver este dispositivo na vitrine tecnológica da Embrapa.

MAIS TECNOLOGIAS E INOVAÇÕES

Algumas plantas estarão sendo cultivadas na área da vitrine tecnológica da Embrapa para demonstração ao público. O cultivo do algodoeiro será retomado em Rondônia e é uma opção para o plantio de safrinha, especialmente nas áreas de cerrado.

A autorização de plantio do algodão geneticamente modificado (GM) em Rondônia, pela Comissão Técnica Nacional de Biossegurança (CTNBio), ocorreu em outubro de 2018.

A decisão teve por base o conhecimento da Embrapa, enviado por meio de parecer técnico, que comprovou a segurança ambiental de se introduzir plantas geneticamente modificadas, subsidiando a liberação do plantio.

SOLARIZADOR DE SUBSTRATO PARA PRODUÇÃO

Adaptado pela Embrapa Rondônia, esta tecnologia é uma opção simples, barata e ambientalmente segura para se produzir mudas livres de nematoides. Tem grande potencial de uso pelos produtores de mudas de café, principal cultura implantada no estado de Rondônia.

PALESTRAS NA RONDOLEITE

A Embrapa também tem ações na Rondoleite, que acontecerá juntamente com Rondônia Rural Show. O tema Qualidade do Leite: Pontos críticos e boas práticas de produção, será apresentado pela pesquisadora da Embrapa Rondônia, Juliana Alves Dias, 24/5, às 10h. O pesquisador da Embrapa Rondônia, Pedro Gomes da Cruz apresentará palestra sobre Manejo sustentável de pastagem, dia 24/5, às 11h.

Fhemeron 468x60px
Esse é o Plano – 468×60

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO