Trator teria o custo de R$ 58 mil / Foto: Acervo Extra

Mais dois vilhenenses procuraram a Unidade Integrada de Segurança Pública de Vilhena (Unisp) para denunciar que foram vítimas de golpe.

O primeiro caso foi de F.H.W.G., 31 anos, que foi até a cidade de Alto Paraguai (MT) para comprar um trator no valor de R$ 58 mil, porém ao conversar com o suposto vendedor percebeu que se tratava de um golpe e desistiu da compra.

Com isso, o vendedor passou a fazer ameaças via WhatsApp alegando que iria acabar com o nome da vítima, abriria contas bancárias com seus dados, além de fazer empréstimos e financiamentos. A conta bancária repassada para o depósito da compra estava em nome de Ronildo Conceição da Silva e os números utilizados foram (65) 9 9951-1500 e (65) 9 9230-1047.

O outro relato foi de P.W.H., 59 anos, que através do Facebook entrou em contato com Murilo Talles para aquisição de 2kg de semente sorgo pelo valor de R$ 121,00 sob a promessa de que a mercadoria seria entregue em até 72 horas.

Após o período combinado, percebeu que o suposto vendedor trocou o nome de usuário na rede social para Murilo Melo e ao entrar em contato foi bloqueado. O vendedor não informou o motivo do atraso da mercadoria e nem devolveu a quantia depositada.

sicoob credisul
vacina 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO