PM em ação/Foto: Extra de Rondônia

Na manhã desta quarta-feira, 11, a Polícia Militar (PM) foi chamada para por fim numa festa que durava mais de 12 horas regada a som alto, bebidas alcoólicas e drogas Rua 116-07, Residencial União, em Vilhena.

Conforme apurado pela reportagem do Extra de Rondônia, ao chegar no local a guarnição da PM constatou o fato e encontrou o portão do imóvel trancado.

Foi solicitado que o responsável pela casa abrisse o portão, com isso, iniciou uma correria dentro da residência e foi observado que um homem pulou o muro dos fundos e fugiu, não sendo possível sua captura.

Após muita insistência, o proprietário abriu o portão, sendo realizado revista nos suspeitos, porém, uma mulher identificada pelas iniciais T.S.B., de 20 anos, que estava em visível estado de embriaguez começou a proferir palavras de baixo calão contra os militares, recebendo voz de prisão por desacato.

Em revisita a um suspeito identificado pelas iniciais R.M.S., de 34 anos, foi localizado um pino contendo substancia branca aparentando ser cocaína.

Já com outro homem identificado pelas iniciais L.C.S., 39 anos, foi encontrado um pino da mesma substancia e também um involucro com 7 gramas de substancia aparentando ser maconha.

Na casa de D.B.S., de 42 anos, foi localizada uma bicicleta Colli de cor preta com adesivos na cor laranja, aro 29, de procedência duvidosa,

Outro homem identificado pelas iniciais D.B.M., de 29 anos, durante a prisão dos demais, proferiu palavras ofensivas a guarnição, dizendo “seus otários, vocês são um bando de vagabundos que não tem coisa mais interessante para fazer”.

Com isso, também recebeu voz de prisão e foi conduzido com os demais para a Unidade Integrada de Segurança Pública (Unisp).


COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO