Estamos em guerra governo 728×90  – ALE celular 300×250
Estamos em guerra 468×60

 

Fotos: Divulgação

Nos últimos 4 dias, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu 60 comprimidos de anfetamina em três ocorrências durante fiscalização de trânsito. Os flagrantes ocorreram na BR 364 no Estado de Rondônia.

Na sexta-feira (13), em abordagem a um Fiat Doblô, na cidade de Vilhena/RO, os policiais faziam os procedimentos de verificação ao veículo, quando encontraram, no porta-malas, 21 (vinte e um) comprimidos de Nobésio Extra Forte, popularmente conhecido por “rebite”.

No domingo(15), em Ji-Paraná/RO, 15 (quinze) comprimidos de Nobésio Extra Forte foram encontrados em um caminhão que vinha do estado do Pará. O condutor confirmou que comprou 3 cartelas contendo 15 comprimidos cada uma e que fazia uso constante das anfetaminas para retardar o cansaço e prolongar o tempo de direção.

Já na manhã desta segunda-feira (16), também na cidade de Vilhena/RO, em procedimento de fiscalização a um veículo, 2 (duas) cartelas de Nobésio contendo 24 comprimidos foram encontradas no porta-luvas do veículo, após o condutor apresentar grande nervosismo durante a abordagem.

Cabe destacar, que esse tipo de droga é utilizado por motoristas para inibir o sono e prolongar a viagem, desrespeitando a lei do descanso (Lei nº 12.619/12) e aumentando, consequentemente, o risco de acidentes graves.

Diante dos fatos, os condutores deverão responder por porte de drogas para consumo próprio e os materiais apreendidos serão encaminhados às delegacias de Polícia Civil dos respectivos municípios para procedimentos cabíveis.

estamos em guerra 728×90 2
covid 468×60

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO