Prefeito e vice visitaram o Centro de Hemodiálise / Foto: Divulgação

O prefeito Adailton Fúria (PSD) se manifestou nesta terça-feira, 2, através da rede social Facebook, a respeito do Centro de Hemodiálise, que antes era terceirizada e agora passou a ser responsabilidade da prefeitura de Cacoal.

A administração municipal decidiu agir após comunicado do proprietário da clínica particular, que mantinha os serviços, que não tinha mais condições financeiras para manter as atividades.

Através de sua assessoria, Fúria informou que em 24 de fevereiro pagou o salário dos funcionários da clínica, referente ao mês de janeiro, mesmo tendo requisitado à empresa 14 dias antes.

Agora, a prefeitura age prontamente no sentido de restabelecer o ciclo de pagamentos e de pleno atendimento.

Informou que nesta terça-feira, 2, foi instalada no centro uma conexão de internet fibra óptica da prefeitura, que é usada pelo setor administrativo e por pacientes da unidade.

Agora, a equipe administrativa municipal trabalha dentro da legalidade para pagar o salário desses trabalhadores referente ao mês de fevereiro.

Ciente dos desafios, Fúria se manifestou sobre o assunto. “Ninguém disse que seria fácil, mas vale a pena. O proprietário da clínica particular e terceirizada havia comunicado oficialmente que a clínica não mantinha mais condições financeiras de continuar prestando o serviço de atendimento de hemodiálise em Cacoal, e marcou data para encerrar suas atividades. E eu, como prefeito de Cacoal, não podia cruzar os braços. Ou que prefeito, que ser humano seria eu?”, avaliou.

E continuou dizendo que “não medi esforços e junto de nossa equipe de saúde, coordenada pelo nosso secretário municipal de saúde, José Pereira, vice-prefeito Cássio Gois, corpo jurídico da prefeitura e demais, tomamos uma das mais importantes decisões: intervir naquela situação e assumir a responsabilidade pela hemodiálise de Cacoal”.

 

sicoob credisul
vacina 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO