Drone de última geração / Foto: ilustrativa

A Câmara de Vilhena aprovou, na sessão ordinária na manhã desta terça-feira, 11, o projeto de lei nº 6.097/2021, que autoriza crédito suplementar para que a prefeitura adquira um drone com equipamentos e 13 aparelhos de ar-condicionado no valor total de R$ 120 mil.

O projeto foi aprovado por unanimidade, mas trouxe a discussão de dois parlamentares em plenário.

O drone com equipamentos, avaliado em R$ 82.490,00 (o que inclui bateria), será utilizado pela Secretaria Municipal de Planejamento (Semplan) na realização do mapeamento da cidade.

O abordar o caso, o vereador Dhonatan Pagani (PSDB) sugeriu seguro e cautela no manuseio do equipamento. “De fato é um drone caro. Sugiro que, após a aquisição, seja feito um seguro no equipamento e que os servidor responsável tenha cuidado para que o município não tenha prejuízos. Ou seja, que o drone não fique na mão de qualquer pessoa”, observou.

Por sua vez, o vereador Samir Ali (Podemos) solicitou à prefeitura para que o responsável do manuseio do equipamento seja um servidor efetivo e que o mesmo receba treinamento antes que o drone seja utilizado.

O Extra de Rondônia teve acesso ao projeto, que inclui a proposta da empresa paulista “Drone Visual”.

A proposta informa que “a categoria Enterprise da DJI é uma linha global dedicada a desenvolver soluções de drones de primeira linha e alta precisão para aplicações profissionais: Topografia, Mapeamento, Construção, Infraestrutura, Segurança Pública, Energia, Agricultura e muito mais”.

O drone é do modelo DJI Phantom 4 RTK + D-RTK2 Mobile Station Combo.

Características técnicas do equipamento / Foto: Divulgação


sicoob credisul
vacina 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO