unesc

Corpo de Bombeiros de Vilhena realiza troca de comando do 1ºSGB

Arquivado em: Eventos |

 

Na tarde de quarta-feira,07, foi realizado o cerimonial da passagem de comando do 1º Subgrupamento do Corpo de Bombeiros Militar de Vilhena, localizado no Bairro Bela Vista.

O evento contou com a presença do Capitães do Corpo de Bombeiros de Vilhena, Merycles Guedes e Iranildo Dias, do subcomandante da Polícia Militar de Vilhena, do Capitão Carvalho, do comandante do Tiro de Guerra, subtenente Santana, do diretor do Presídio e Colônia Penal, Alexsandro Pereira, diretor do SAAE, Arijoan Cavalcante, entre outras autoridades.

Na oportunidade, o capitão João Batista Oliveira, que esteve no comando do 2º Subgrupamento de Cerejeiras durante dois anos e assumiu o comando 1º Subgrupamento de Vilhena em outubro do ano passado, passou o mesmo para seu sucessor, 1º tenente BM Joaquim José da Silva.

Oliveira, natural de Vilhena, graduado e em pedagogia pela Universidade Federal de Rondônia deixou o comando sob homenagens por suas atuações no 3°GBM e passa a fazer parte da reserva da corporação.

Já o 1º tenente Joaquim José da Silva, natural de Pernambuco, graduado em administração pela Universidades Federal de Rondônia (Unir), expressou sua satisfação em assumir  oficialmente o comando do 1º SGB, se comprometendo em empenhar-se, não somente para melhorias nas condições de trabalho dos militares como também, em prol de aperfeiçoar a cada dia, o atendimento à população vilhenense.

Texto: Extra de Rondônia

Fotos: Extra de Rondônia

COMUNICADO: Respeitando a legislação eleitoral, o EXTRA DE RONDÔNIA retirou do ar o sistema de comentários através do Facebook. O objetivo da iniciativa é evitar problemas jurídicos devido a possíveis ataques de internautas contra candidatos. Agradecemos a compreensão.

A DIREÇÃO
COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve, em especial, aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO