mercado paulista

Palestra com Gil Giardelli reúne mais de 250 pessoas em Vilhena

Arquivado em: Eventos |

 

A primeira edição do Conexão Sebrae, em Vilhena, começou com casa cheia.

O evento que é uma das ações do convênio 074/PGE/2018 entre Sebrae e a Superintendência Estadual de Desenvolvimento Econômico e Infraestrutura (SEDI) iniciou na quinta-feira, 22, com o professor Gil Giardelli palestrando sobre “A Quarta Revolução Industrial e a transformação digital”, atraiu mais de 250 pessoas, entre empresários, empreendedores, estudantes e autoridades.

O Conexão Sebrae terminou sábado, dia 24, no shopping de Vilhena, e reuniu mais de 2 mil pessoas durante os três dias de evento com palestras, oficinas e consultorias, além de uma rodada de negócios e exposição de produtos dos empreendedores da região.

Giardelli, que é um estudioso de Inovação e Economia Digital com 19 anos de experiência, pontuou a necessidade do empresário em acompanhar a “revolução digital”, adquirindo o conhecimento, tendo a preocupação de voltar-se ao futuro e promovendo uma gestão da mudança constante no cotidiano de seu empreendimento.

O professor é conhecido por ser um difusor de conceitos e atividades ligadas à inovação, sociedade em rede, colaboração humana, economia criativa, inovação, transformação digital, Quarta Revolução Industrial, ao empreendedorismo social e aos estudos do futuro. Para ele a revolução só agrega: “Toda revolução é boa. O importante é saber usar essas ferramentas para alavancar os negócios”, ressalta. O palestrante encerrou seu discurso com a apresentação do robô de inteligência artificial denominado Nao, que o acompanha em todos os eventos.

De acordo com Charif Mohamed, analista do Sebrae em Rondônia, a ideia de trazer o Conexão Sebrae para Vilhena visa proporcionar a empreendedores dos sete municípios do Cone Sul a oportunidade de conhecer as tecnologias para inovarem seus negócios.

“Antes [o Conexão Sebrae] só acontecia em Porto Velho, capital, e era muito difícil para o empreendedor se deslocar mais de 700 km para participar”, conta. Para ele, fazer um evento desta proporção “é um desafio, mas ver os resultados é muito gratificante”, afirma. A intenção do Sebrae é consolidar o Conexão Sebrae no calendário anual.

Quem fez questão de participar do evento foi o professor e diretor geral do Instituto Federal de Rondônia (IFRO) de Vilhena, Aremilson Oliveira. “Gostei da palestra. O Sebrae está de parabéns. Nós do IFRO temos projetos inclusive de extensão na área tecnológica, e esse evento vem a agregar”, afirma.

Vitor Bagattoli, que é empresário do ramo de entretenimento em Vilhena, sempre participa de feiras tecnológicas em São Paulo. “Tem muita coisa na área digital como games, realidade virtual, 6D, realidade virtual com movimentos interativos com o próprio jogador, dentro do jogo. Esse evento do Sebrae agrega muito aos negócios porque em Vilhena não temos acesso às tecnologias avançadas”, conta.

Emerson Silva, consultor do Sebrae, ressalta que o evento Conexão Sebrae só está começando no Estado de Rondônia. “Temos diversas atividades para a população do Cone Sul. É uma oportunidade única para quem quer conhecer as oportunidades para iniciar ou alavancar seus negócios”, pontua. Nesta terça, dia 27 de novembro, começa o Conexão no município de Ji-Paraná. Se você estiver na região, aproveite a oportunidade de adquirir mais conhecimentos.

Para mais informações sobre esse e outros assuntos, acesse o site www.sebrae.ro ou ligue gratuitamente para 0800 570 0800. Você também pode acessar o Sebrae pelo WhatsApp, (69) 98130 5656, Instagram, Facebook, Twitter, LinkedIn e YouTube nos canais Sebrae RO.

 

Texto e fotos: Assessoria

 

 

 

 

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve, em especial, aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO