Estamos em guerra governo 728×90  – ALE celular 300×250
Antes desta matéria, Prefeito Airton Gomes não tinha conhecimento da perca dos recursos
Antes desta matéria, Prefeito Airton Gomes não tinha conhecimento da perda dos recursos
Estamos em guerra 468×60

O prefeito do município de Cerejeiras, Airton Gomes (PV), adotou um método um tanto quanto singular para “administrar” os recursos oriundos do Governo Federal para sua cidade.

O chefe do executivo municipal devolveu aos cofres públicos federais exatos R$ 400 mil, que seriam destinados a obras de melhorias no parque de exposições Toninho Campo Grande. O primeiro recurso devolvido havia sido conquistado pelo Senador Valdir Raupp (PMDB), no valor de R$ 220 mil, destinado à construção de um palco fixo no local.

O dinheiro fora devolvido à União, segundo a assessoria do prefeito, porque não era suficiente para a construção do palco e a prefeitura teria que fazer uma contrapartida muito alta. Já o Deputado Federal Moreira Mendes (PSD) garantiu para o parque de exposições uma emenda no valor de R$ 180 mil para a construção de muros no local.

Houve falhas na publicação da licitação, em seguida uma briga judicial entre as empresas participantes, e o tempo estipulado para uso do dinheiro terminou. Resultado: o município pediu mais prazo à Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa) que era responsável pelo recurso, o que não foi aceito. O dinheiro então voltou para a conta do Governo Federal.

Airton Gomes, por telefone, disse ao Extra de Rondônia que sequer tinha conhecimento de tal fato, e quem poderia dizer alguma coisa sobre o assunto era o chefe da Secretaria Municipal de Fazenda, Valdir Carlos da Silva.

Ao site, o secretário confirmou que os recursos foram devolvidos ao Governo Federal, e que arrumaram outro “patrocinador” para a construção do muro: o Deputado Federal Padre Ton (PT), considerado o 3º parlamentar mais caro do Brasil. “Ele vai destinar R$ 250 mil para a construção do muro, que ficará pronto para a edição 2014 da Expocer”, explicou o titular da Semfaz. Já o palco do parque de exposições ainda permanecerá no sonho, pois com as devoluções de recursos realizadas por Airton Gomes nenhum parlamentar se sente seguro em ajudar o município de Cerejeiras, que deve estar muito bem financeiramente para jogar dinheiro fora.

 

O palco da Expocer 2014 continuará sendo improvisado porque prefeito não aceitou ajuda federal
O palco da Expocer 2014 continuará sendo improvisado porque prefeito não aceitou ajuda federal

Fonte: Extra de Rondônia

Texto: Extra de Rondônia

Fotos: Extra de Rondônia

estamos em guerra 728×90 2
covid 468×60

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO