dengue 728×90 – 2
Os eventos do ano são foco de maior atenção, além da conclusão do sistema de monitoramento por vídeo
Os eventos do ano são foco de maior atenção, além da conclusão do sistema de monitoramento por vídeo

Depois de um breve período de férias, ocasião em que esteve no Rio Grande do Sul visitando familiares, o comandante do Terceiro Batalhão de Polícia Militar, Coronel Paulo Sérgio Vieira Gonçalves, está de volta ao batente, e já prepara a estratégia de trabalho para o carnaval, cuja ação policial será diferenciada este ano, para assegurar a tranqüilidade da população durante os festejos de Momo.

“Estaremos com mais uma câmera de vídeo instalada exclusivamente para o carnaval, além das que estão fixas na Major Amarante e na Capitão Castro, centradas em monitorar a movimentação no ponto tradicional da festa em Vilhena, que é a Praça Nossa Senhora Aparecida”, revela. Além disso, haverá reforço no policiamento ostensivo, mais efetivo circulando pela cidade, e aplicação rigorosa da Lei Seca.

Mas o ano não se resume apenas no carnaval, e o Coronel Gonçalves se adianta no planejamento de estratégias para a Copa do Mundo, eleições, Expovil, e outros acontecimentos de relevância, caso da participação do Vilhena Esporte Clube em competições de âmbito estadual e nacional. Para o jogo contra o Palmeiras, válido pela Copa do Brasil, até o próprio comandante irá trabalhar fardado no estádio.

Já os planos para reforço da segurança do vilhenense e morador do Cone Sul, área de abrangência do batalhão, incluem a retomada das obras de construção da base policial no Setor 19, a reativação do canil do quartel, e a instalação de mais 13 câmeras de vídeo-monitoramento da área urbana vilhenense. Além disso, há previsão de entrega de equipamentos e viaturas para o GOE (Grupo de Operações Especiais) e PRE (Polícia Rodoviária Estadual), através de recursos federais para programas de segurança em fronteiras internacionais.

O Terceiro Batalhão também recebe 15 viaturas novas, modelos S-10 e Triton, que substituirão os carros usados atualmente. “No caso das viaturas, pretendo trabalhar com modelos mais robustos para fazer o rádio-patrulhamento na periferia, enquanto os veículos de menor porte circularão pelas vias mais centrais, que contam com asfalto e melhores condições de trafegabilidade.

Fechando a entrevista exclusiva concedida ao Extra de Rondônia na manhã desta quinta-feira 20, Paulo Gonçalves ressalta a queda nos índices gerais de criminalidade em Vilhena e Cone Sul. “A ação das forças de segurança em geral tem dado bom s resultados, e no que depender da Polícia Militar vamos melhorar ainda mais o serviço prestado à comunidade”, garantiu o comandante.

Fonte: Extra de Rondônia

Texto: Da Redação

Foto: Carlos Franco

dengue 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO