Estamos em guerra governo 728×90  – ALE celular 300×250
Gilmar Gervásio, secretário de saúde
Gilmar Gervásio, secretário de saúde
Estamos em guerra 468×60

O secretário municipal de saúde do município de Colorado do Oeste, Gilmar Gervásio, está sendo acusado de negligência por muitos internautas do Extra de Rondônia, por não priorizar ações a pacientes de hemodiálise.

Os pacientes, duas ou três vezes por semana, têm que percorrer 80 quilômetros para ir até Vilhena fazer os exames. Nesta semana, a pasta que Gervásio comanda, teria disponibilizado um carro “caindo aos pedaços” para transportar os pacientes, que se negaram a entrar no veículo e pagaram um táxi. O caso foi denunciado pelo site nesta quarta-feira, 23.

Entre os internautas/comentaristas, um deles fez séria acusação contra o titular da Semusa. O locutor Roni Freitas, que mora em Colorado e é assessor do governador Confúcio Moura, na função de mestre de cerimônias no governo, afirmou em mensagem ao site que Gilmar Gervásio tem à disposição uma caminhonete cedida pelo “Governo da Cooperação”. O veículo, em tese, seria utilizado para atender a população, mas – segundo Freitas – não está cumprindo essa finalidade. “Por que o Senhor Gilmar não disponibilizou a camionete L200, Triton 2012, que foi doada pelo Governo da Cooperação ao município? É pra atender a população, e não para o Senhor Secretário ficar andando pra cima e pra baixo”, disse, revoltado, o assessor governamental.

O site, mais uma vez, deixa espaço à disposição do secretário de saúde e outras autoridades municipais para eventuais esclarecimentos.

mensagem roni 2

 

>>> RELEMBRE ASSUNTO NO LINK ABAIXO:

 

http://www.extraderondonia.com.br/2014/04/23/hemodialise-pacientes-coloradenses-sao-transportados-a-vilhena-sem-condicoes-de-seguranca/#

 

Texto: Extra de Rondônia

Foto: Arquivo Pessoal

estamos em guerra 728×90 2
covid 468×60

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO