Estamos em guerra governo 728×90  – ALE celular 300×250
Estamos em guerra 468×60

 

DSC_0025O fato acorreu na manhã desta quinta-feira, 24, por volta das 10h00, num estabelecimento comercial, localizado na Avenida Major Amarante, centro de Vilhena.

De acordo com informações obtidas pela reportagem do Extra de Rondônia, a Polícia Militar, foi solicitada a comparecer no endereço citado, onde segundo relato do proprietário um homem havia entrado no comércio e furtado um litro de pinga da marca Ypioca e fugido tomando rumo desconhecido.

A PM chegou ao estabelecimento e de posse das informações, passou a fazer buscas, localizando o suspeito há duas quadras do local do fato.

O acusado foi identificado como Angelino Alves Martins Neto, 31 anos, que falou ser chacareiro, com ele foi encontrado o produto do furto. Indagado o porquê de ter praticado o crime, ele relatou aos militares que um casal que estava ingerindo bebidas alcoólicas em sua companhia, o ameaçou de morte se ele não roubasse um litro de pinga.

O casal apontado pelo chacareiro foi localizado pelos policiais e juntamente com o acusado foram encaminhados para a Delegacia de Polícia Civil.

Sendo que em consulta ao sistema foi constatado que o marido da mulher identificado como Gerson Boava santos,24 anos, tinha em seu desfavor mandado de prisão em aberto, já sua esposa identificada como Leila e o chacareiro Angelino foram apresentados ao delegado de plantão para serem ouvidos.

Angelino disse que foi ameaçado de morte pelo casal se não furtasse o litro de pinga.
Angelino disse que foi ameaçado de morte pelo casal se não furtasse o litro de pinga.
Gerson Boava Santos, tinha em seu desfavor mandado de prisão em aberto.
Gerson Boava Santos, tinha em seu desfavor mandado de prisão em aberto.

DSC_0028

Fonte: Extra de Rondônia

Texto e Fotos: Carlos Franco 

estamos em guerra 728×90 2
covid 468×60

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO