dengue 728×90 – 2
Confúcio não dá ouvidos aos ataques do deputado
Confúcio não dá ouvidos aos ataques do deputado

O deputado estadual Hermínio Coelho (PSD), presidente da Assembleia Legislativa de Rondônia fez – entre outras já conhecidas – uma denúncia bombástica na última semana.

Ele disse que o governador Confúcio Moura recebe propinas em troca de contratos no Estado. A declaração aconteceu durante entrevista ao site “Brasil Notícias”, com sede na capital federal, Brasília.

Segundo o noticioso, o parlamentar afirmou que “eu espero que a justiça apure e dê uma resposta o mais rápido possível. Ele bota o cunhado e as irmãs para roubar do estado e , em seguida, diz que não responde pelo CPF de sua família”.

>>> LEIA, ABAIXO, A ENTREVISTA NA ÍNTEGRA:

O presidente da Assembléia Legislativa de Rondônia, deputado Hermínio Coelho (PSD), tratou o governador como psicopata. O parlamentar é o maior rival político de Confúcio Moura (PMDB), e pode declarar, ainda nesta semana, sua pré-candidatura na disputa pelo Palácio Getúlio Vargas. Em entrevista ao Brasil Notícia, Coelho falou sobre as denúncias contra a gestão peemedebista e se disse contrariado com a falta de investigação pelos órgãos competentes.

O deputado comentou  o caso, denunciado com exclusividade pelo Brasil Notícia, envolvendo as empresas de propriedade da irmã de Confúcio, Vandete Ayres Moura, e do cunhado do governador,  Godofredo Gonçalves, que faturam alto do governo em licitações suspeitas. E, ainda, o escândalo mais recente que envolve os trabalhadores braçais Elis Campelo do Couto e Jô Campelo, “herdeiros”, como laranjas,  da empresa “Casas Americanas”, também pertencentes à irmã e ao cunhado do governador.

Na última semana, Hermínio solicitou informações sobre o contrato de R$ 20 milhões para a construção do chamado “Espaço Alternativo de Porto Velho”, destinado a caminhadas e lazer, localizado na Avenida Jorge Teixeira, entre o Hospital de Base e o aeroporto da capital. A obra pretende adaptar o lugar com praça com várias opções de atividades esportivas em uma área de quase 178 mil metros quadrados, além a implantação dos “Canais da Cidadania” e a revitalização e urbanização de córregos urbanos. Veja os principais trechos da entrevista.

Brasil Notícia: Como o senhor analisa o caso do pedreiro laranja da família do governador e as empresas do cunhado e da irmã do Confúcio que prestam serviço a Rondônia?

Hermínio Coelho:  Nem preciso falar que isso tudo é crime. Esse caso, que eu acompanhei a partir da denúncia feita pelo Brasil Notícia,  não me impressiona. Já fiz várias denúncias sobre tráfico de influência envolvendo as irmãs e o cunhado do governador, o senhor Francisco de Assis. Apresentei fartas provas, inclusive documentos, que comprovam o recebimento de dinheiro de propina depositado na conta de todos eles. Confúcio recebe propinas em troca de contratos do estado.  Eu espero que a justiça apure e dê uma resposta o mais rápido possível.  Ele bota o cunhado e as irmãs para roubar do estado e , em seguida, diz que não responde pelo CPF de sua família. Eu também tenho cunhados e irmãs. Imagine se eu botasse todo mundo aqui dentro da assembleia, e mandasse roubar a vontade?? Eu poderia dizer, depois de tudo isso, que não respondo pelo CPF de ninguém, apesar de gestor público, responsável pelo dinheiro que não é meu, e sim do povo. O governador de Rondônia não cuida daquilo que pertence ao contribuinte, e abusa do erário como se acreditasse na impunidade.

 

Brasil Notícia: O senhor tem informações sobre a apuração das denúncias feitas contra o governador?

Hermínio Coelho:  Eu tenho me queixado muito sobre o papel do MP. É um órgão atuante,  que eu respeito, mas me parece que ele age mais rápido contra os deputados e contra as prefeituras. Mas não age com a mesma força contra o governador, a família do governador e gente do primeiro escalão do governo.

Brasil Notícia: Por ato administrativo, o governador já corrigiu erros que o senhor tenha identificado em Rondônia.

Hermínio Coelho: Nunca. Aliás, o governador coleciona denúncias e vive indiferente a tudo. Confúcio faz as pessoas de babaca. Engana demais a população. Tem a cara do Papa Francisco, mas com a alma do diabo. É uma pessoa perversa, calculista, um psicopata.  Eu ouvi isso de amigos próximos do governador, um ex-deputado. Ele tem o jeito de um homem bom, que engana muita gente. Só em deixar um bando de safado se aproveitar do estado, inclusive o cunhado e as irmãs, é coisa de bandido.  Por que ele não toma providências quando eu denuncio???

Brasil Notícia: O senhor se sente perseguido também?

Hermínio Coelho: Prenderam meu filho como uma pessoa que fazia tráfico de influência dentro da assembleia para beneficiar quadrilha de traficante. A própria justiça desmentiu a polícia, que agiu a mando dele, tendo invadido a casa da minha família pela madrugada, com direito a helicóptero sobrevoando e filmando tudo. Foi um trauma que nunca mais vai sarar. Quiseram envolver a mim a minha família com o tráfico de drogas. Isso foi um dos grandes absurdos desse governo fascista. Eu duvido que ele persiga alguém da imprensa ou outra pessoa que denuncia as bandalheiras deste estado. No final das contas,  quem foi patrocinado pela quadrilha de traficantes e estelionatários? Ora, um dos grandes acusados de pertencer a essa organização criminosa afirmou que o chefe da quadrilha é Confúcio Moura.  O ex-deputado Lindomar Garçon, do PMDB, aliado do governador,  teve sua campanha financiada pelo crime, inclusive com promessas de secretarias em troca. O então secretário de Segurança, Marcelo Bessa, fez vistas grossas para esse episódio.  São mesquinhos.

Brasil Notícia: Tá de pé a ideia de concorrer ao governo?

Hermínio Coelho: O único cargo que você pode fazer a diferença é o de governador. Eu ainda não desisti deste objetivo, e o meu partido, o PSD, sabe disso. Em todos os setores, é preciso haver transparência. Duvido que eu seja tentado a cooptar um deputado em troca de favores nada republicanos.  Um governador deve conquistar maioria de aliados atendendo suas bases eleitorais com políticas decentes nas áreas de segurança, saúde, educação, produção e outros, e não com barganhas que sangram o erário público. Em todos os parlamentos, esta realidade é flagrante, infelizmente. Eu quero fazer a diferença, aqui, em Rondônia.

Brasil Notícia: Então está decidido?

Hermínio Coelho:  Ainda não.  Os próximos dias serão decisivos. Vamos aguardar.  Eu acredito que sejam pessoas de bem muitos deputados e vereadores, mas a maioria, no entanto, trata a política como negócio. Por isso vemos aquele jogo bruto no dia da eleição, jorrando dinheiro público pra todo lado. Aí, depois, eles roubam para pagar os compromissos. Eu estou avaliando com quem vamos caminhas nestas eleições. Só não me peçam para fazer aliança com o partido desse governador safado.

Brasil Notícia: O ex-senador Expedito Júnior seria um bom aliado?

Hermínio Coelho: Eu tenho um problema no meu partido. O nosso presidente, Moreira Mendes, deputado federal, está bem afinado com o PSDB do Expedito Júnior. Eu não tenho problemas com essa aliança, mas não vejo como uma coisa decente caminhar junto com uma pessoa que, até o final dano passado, tinha o maior contrato de Rondônia. O Expedito ganhava R$ 60 milhões ao ano com suas empresas de segurança. Hoje, virou adversário do Confúcio  quer ser governador. Isso tudo é muito vicioso, estranho pra mim. Ora, a safadeza está demais. Todos mentem descaradamente, e isso é perigoso. Esses movimentos que vêm das ruas são resultado desse tipo de situação.

Brasil Notícia: Como o senhor avalia a resistência do prefeito de Porto Velho em demitir o irmão, dois cunhado secretários e outros parentes seus?

Hermínio Coelho:  Sempre respeitei o Dr. Mauro Nazif como parlamentar. Mas eu já esperava esse tipo de coisa dele como prefeito. Hoje, posso afirmar que nada me surpreende vindo dele. Se tem uma lei que proíbe, que obedeça a lei. Não acredito que o irmão do prefeito seja mais competente e decente que tanta gente que pode ser recrutada de outros estados.

 

>>> CONFIRA, ABAIXO, A ENTREVISTA NA ÍNTEGRA:

http://brasilnoticia.com.br/entrevista-da-semana/presidente-da-ale-diz-que-governador-confucio-e-psicopata-tem-cara-de-papa-francisco-e-alma-do-diabo/10295

 

Texto: Extra de RondôniaInformações: Assem Neto (Correspondente de RO e AC)

Foto: Divulgação

 

dengue 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO