indigina concursoO secretário de estado de Educação Emerson Castro disse hoje em Ji-Paraná que o Governo Estado vai abrir concurso público para contratação de pelo menos 170 professores indígenas. A declaração foi dada à imprensa local na abertura oficial do curso de formação continuada para professores indígenas, que segue até sexta-feira no auditório do hotel Maximu’s.

“Rondônia é o primeiro estado brasileiro a realizar concurso público para contratar profissionais indígenas ao quadro efetivo de servidores”, disse o secretário, dando ênfase à importância de preservar a riqueza e o patrimônio cultural indígena das 57 etnias que vivem em Rondônia. “O indígena é que deve ocupar esse espaço didático-pedagógico na própria aldeia”, esclarece o secretário Emerson, explicando que o concurso público será voltado aos povos indígenas.

O Governo de Rondônia mantém 110 escolas públicas indígenas de ensino fundamental. No município de Ji-Paraná são 12 escolas, cinco delas foram inauguradas em agosto do ano passado. Cerca de 270 indígenas de diversas etnias concluíram o projeto Açaí, foram diplomados pela Secretaria de Estado de Educação (Seduc) e estão aptos a participar do concurso público.

 

Capacitação Indígena_00032

O Governo de Rondônia mantém 110 escolas públicas indígenas de ensino fundamental

O projeto Açaí visa proporcionar aos indígenas a formação em magistério, nível médio, para atuação intercultural e histórica de cada etnia. Os diplomados tem pela frente a missão de exercer a docência nas séries iniciais nas próprias aldeias e promover o intercâmbio cultural.

 

Formação Continuada

Iniciado na manhã desta segunda-feira, 24, o curso de formação continuada para professores de área indígena tem a finalidade de oferecer subsídios teóricos e práticos para melhorar a prática pedagógica dos professores nas escolas indígenas. O curso segue até sexta-feira com aulas teóricas e discussões acerca da cultura dos povos indígenas.

Entre os objetivos, o Governo do Estado, por meio de técnicos da Seduc, pretendem reelaborar conceitos coerentes com a realidade da comunidade escolar, enriquecer o processo de ensino aprendizagem melhorando a qualidade do ensino intercultural, além de minimizar as dificuldades encontradas na prática de sala de aula.

 

Autor: Paulo Sérgio

Foto: Assessoria

Mercado Paulista

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO