livrosLuciene da Silva, representante oficial da escola Paulina Donadon, instituição de ensino instalada no distrito de Nova Conquista, entrou em contato com a redação do Extra de Rondônia no início da tarde desta quarta-feira, 4, para falar a respeito da denúncia que pais de alunos que relataram o fato de a escola estar queimando livros didáticos.

Segundo ela, nenhum livro foi queimado, e também não será enterrado. “Realmente ateamos fogo em papéis velhos, mas eram apenas pastas de plástico, e cadernos de planejamento com mais de dez anos arquivados”, relatou.

A diretora da escola contou, ainda, que o prédio passou por uma pequena reforma, e que por isso alguns documentos velhos foram queimados. “Tomamos o cuidado de registrar as informações contidas neles”, acrescenta.

Ainda, segundo Luciene da Silva, os livros didáticos velhos, que estão na escola, poderão ser doados para alunos que os queiram. “A comunidade é humilde, e se as crianças quiserem esse material para poder utilizá-los em casa, não haverá problema nenhum. Vamos doar. Livros didáticos não é lixo pra nós”, disse.

Os livros didáticos que não serão utilizados na escola estão empilhados nos fundos da escola, à espera de uma destinação. “Eles estão cobertos com um plástico para não deteriorar”, arrematou a professora.

 

Texto: Extra de Rondônia

Foto: Extra de Rondônia

sicoob credisul
vacina 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO