001A direção da  Assfapom- Associação dos Praças e Familiares da Polícia e Bombeiro Militar de Rondônia emitiu uma nota de pesar em respeito a morte do Policial Militar morto em confronto com bandido no dia anterior. Em nota, percebe-se a revolta e indignação ao atraso da aeronave para o salvamento do militar.

É com muita tristeza e dor, que a Assfapom- Associação dos Praças e Familiares da Polícia e Bombeiro Militar de Rondônia, por seus associados e diretores, despedem-se de mais um exímio combatente, Cabo PM Sérgio Campos.

Nota:

O policial militar estava a cumprir um mandado de prisão, e por volta das 12h45m, Sérgio Campos foi alvejado por dois disparos de arma de fogo na região do tórax e do braço, em uma abordagem a marginais na zona periférica da cidade de Cujubim, próximo ao Gaivota. O marginal, que também foi alvejado, encontra-se no Hospital João Paulo II, e não corre risco de vida.

O que vem causando revolta a todos os companheiros de farda, foi que o PM S. Campos passou, mais de três horas aguardando socorro, mas a aeronave não saiu de Porto Velho, pois o piloto que estava escalado para os voos emergenciais, segundo informações ainda não esclarecidas, encontrava-se sem condições psicológicas para o exercício da função.

Sergio Campos ingressou na Polícia Militar, no curso do ano de 2002, estava na função de Chefe da Inteligência da PM de Ariquemes- RO.

Campos era bacharel no curso de direito, e havia passado no exame da OAB- Ordem dos Advogados do Brasil, mas por amor a profissão decidiu permanecer na Polícia Militar. Várias missões de grande repercussão fazem parte do currículo do PM S. Campos. Em agosto de 2012, S. Campos perdeu seu amigo, também policial de Rondônia, em Cacaulândia, durante um assalto a banco, trata-se do PM Mamede.

Em dezembro de 2012, S. Campos comandou uma operação contra ladrões de banco em Machadinho, sua equipe recuperou cerca de um milhão de reais que haviam sido roubados do Banco do Brasil, daquela localidade. Campos, também participou da operação em Campo Novo- RO, que culminou na morte de oito criminosos, apontados como assaltantes a banco, do município.

No ano de 2014, Cabo PM S. Campos deixou foi condecorado com a medalha “Governador Jorge Teixeira”, pelos grandes trabalhados realizados.  Campos, deixou um filho, uma enteada e sua esposa. Que Deus em sua inteira bondade, possa confortar os corações dos entes queridos e de todos os amigos.

Fonte: Assessoria

sicoob credisul
vacina 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO