Acidente

O trabalho em altura exige cuidados extremos por parte de quem coloca sua vida em risco diariamente como, por exemplo, profissionais que executam serviços de instalações de calhas, condicionadores de ar, pintura predial, instalação e manutenção de antenas, serviços elétricos e da construção civil, entre outros.

Em Vilhena têm acontecido vários acidentes com trabalhadores dessa área.  Para se ter uma ideia somente na primeira quinzena de março, aconteceram quatro acidentes com trabalhadores, sendo que dois perderam a vida, um já foi liberado e o último está internado com a perna quebrada.

Para o técnico em segurança do trabalho, Ivan Sabino Corrêa, esses acidentes acontecem no município por falta de capacitação e informação dos trabalhadores e empregadores. Ivan ressalta também que muitos trabalhadores executam atividades sem a utilização de Equipamentos de Proteção Individual e Coletiva (EPI e EPC), e isso contribui para que os acidentes aconteçam.

Ivan explica que trabalho em altura é considerada toda atividade realizada acima de dois metros de altura. De acordo com Ivan, para se prevenir que esses acidentes aconteçam é importante que o profissional seja capacitado para realizar esse tipo de atividade com curso da Norma Regulamentadora nº 35 (NR35), que define requisitos e medidas de proteção aos profissionais que atuam nessas condições.

De acordo com Ivan, a capacitação do profissional precisa conter atividades teóricas e práticas e serem ministradas por profissionais capacitados. Ele cita que a necessidade da capacitação é tão grande no município que empresas já estão oferecendo o curso da NR35.

Um exemplo é a empresa CSR Treinamentos Empresariais, que oferece treinamento de NR 35 voltado para segurança em altura, pois de acordo com o Ministério do Trabalho, todos os profissionais que trabalham acima de 2m de altura é obrigatório que tenham esta qualificação.

Para as pessoas que desejam saber mais informações sobre o curso da NR 35 oferecido pela CSR podem ir a até a sede da empresa que fica localizada na Avenida Capitão Castro Nº 4589, Sala 03, Centro, ou através dos telefones (69) 3322-7127, 8482-7151 e 9200-3225.

Texto: Extra de Rondônia

Foto: Ilustrativa

sicoob credisul
vacina 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO