Vilson dos Santos mora há 17 anos nesse município; ele foi candidato a deputado federal, em 2014
Vilson dos Santos mora há 17 anos nesse município; ele foi candidato a deputado federal, em 2014

Radicado há 17 anos no município, mais especificamente no Distrito de Boa Esperança, o empresário sai na frente na corrida ao Executivo do Município que é referência em arrecadação de tributos no Cone Sul do Estado anunciando que muda de partido.

O primeiro postulante à sucessão do prefeito Vanderlei Palhari a declarar oficialmente tal pretensão tem familiaridade com a política da cidade e influência em todas as camadas da sociedade.

Vilson dos Santos disputa sua segunda eleição consecutiva, afirmando que a experiência de ter concorrido a uma vaga na Câmara Federal no ano passado foi alicerce para a decisão de tentar disputar as eleições municipais. “Aprendi muito com aqueles meses de campanha, tive oportunidade de fortalecer o diálogo com a comunidade e descobrir demandas e aflições que precisam de solução por parte do poder público”, afirmou.

A sequela resultante, o distanciamento do partido pelo qual concorreu – o PV; Vilson trata como coisa do passado, mas está decidido a deixar a legenda. “Não tenho nenhum motivo para mudar este posicionamento”.

Ele já recebeu convites de três partidos e deve conversar com lideranças de outras legendas, mas só em setembro define sua opção. “O que importa neste momento é estar mais próximo de lideranças comunitárias extra partidariamente, sem no entanto restringir o diálogo com os partidos”, frisou.

Sobre o atual prefeito o pré-candidato avalia a gestão com dois momentos distintos. “Ele foi bem no primeiro mandato, foi eficaz na captação de recursos e melhorou a infraestrutura do Município, particularmente na área urbana. Na atual gestão houve uma queda de rendimento, e sinto que hoje a população quer outra forma de gestão”. Isso não o impede de aceitar apoio de Palhari caso confirme sua candidatura. “Em política vale o diálogo, e não se pode descartar nenhum apoio sem uma tentativa de entendimento. Mas, caso estejamos juntos no palanque é importante deixar claro que vou apresentar uma proposta administrativa diferenciada”, ressaltou.

Em sua análise o gestor de Chupinguaia deve priorizar o setor produtivo em geral, “pois a exemplo do Brasil e de Rondônia a cidade tem no campo seu principal pilar de sustentação econômica”. Santos vê na fragilidade da malha viária rural um empecilho importante ao desenvolvimento. “Precisamos ter estradas, pontes e bueiros que sejam compatíveis com o tamanho e peso dos caminhões e máquinas que trafegam por elas. As vias foram projetadas de acordo com uma realidade totalmente distinta da atual, e são obstáculo a ser superado”, afirmou. “Mas, é evidente que um prefeito deve estar atento a todos os setores da administração, por isso levarei a debate propostas voltadas a Saúde, Educação, empregos e infraestrutura. Por outro lado, se melhorarmos as condições do setor produtivo isso naturalmente causará impacto positivo aos outros setores”, complementa.

Vilson dos Santos também pretende cobrar do Estado mais participação no Município, em particular nos distritos. “O governo investe muito na área urbana, mas a massa populacional está distribuída pelos cinco distritos de Chupinguaia. Precisamos de mais atenção a estas localidades, onde mora a maior parte da população, com o Estado cumprindo de forma plena seu papel”, avalia. O pré-candidato tem acesso com o atual governador do Estado e conta também com bom trânsito junto à bancada federal. “Caso seja prefeito não vejo dificuldade mais severa para angariar apoio ao Município, até mesmo em virtude do potencial de arrecadação tributária de Chupinguaia”.

Preocupado com a crise econômica atual, Vilson , o pré-candidato, procura manter-se atualizado com o que acontece em âmbito nacional, “pois tudo acaba gerando impacto sobre nós, e quem está na política não deve perder esta perspectiva”, finalizou.

Texto: Extra de Rondônia

Foto: Extra de Rondônia

sicoob credisul
vacina 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO