mula-2-600x450O Ministério Público do Estado de Rondônia instaurou inquérito civil público para apurar suposto ato de improbidade administrativa relativo à realização de exame de raio-x por parte de servidores do Hospital Municipal de Colorado do Oeste em uma mula, com a utilização do aparelho da unidade, levado até o pátio do hospital.

O procedimento foi instaurado pelo Promotor de Justiça Marcos Giovane Ártico, a partir de documentos constantes na notícia de fato. O caso teve ampla repercussão na imprensa, inclusive nacional.

A mula teria sido levada ao hospital na manhã do sábado, dia 6 de junho. Os servidores da unidade de saúde retiraram o equipamento de raio X da sala onde fica, levaram-no até os fundos da unidade mista de saúde para atender o animal. Em seguida, o equipamento fora carregado de volta ao local de origem por uma caminhonete.

O promotor de Justiça afirma que é indubitável a ocorrência de ato de improbidade administrativa, sendo o procedimento instaurado para se apurar as condutas diretas e indiretas dos responsáveis, e, também não descarta a responsabilidade criminal dos envolvidos, que será avaliada ao final das investigações.

FonteMP-RO

Foto: Divulgação

sicoob credisul
vacina 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO