suspeitos_cerejeiras
Edilson e Cristóvão foram presos em flagrante

Os dois suspeitos de praticar o estupro de vulnerável de duas irmãs adolescentes, de 13 e 14 anos, estão atrás das grades. O fato ocorreu na última quarta-feira no município de Cerejeiras.

Cristóvão Geni da Silveira, de 70 anos, e Edilson Pereira Macedo, de 36, foram presos em flagrante por estupro de vulnerável – prática de ato libidinoso com menor de 14 anos – e encaminhados para o presídio da cidade. Um terceiro suspeito foi liberado pela polícia.

O caso foi reproduzido pelo xará desta página eletrônica, o extra.globo.com.

O delegado responsável pelo caso, Renato César Morari, disse que as adolescentes fugiram de casa, onde vivem com a mãe e mais seis irmãos, no bairro Alvorada e foram para casa de Cristóvão, vizinho ao local.

Lá, as adolescentes teriam ganho além de abrigo, bombons, cervejas e refrigerantes. Em troca os acusados as acariciaram e beijaram.

“Eles só não conseguiram consumar o estupro porque foram impedidos pela polícia, que chegou assim que uma tia das adolescentes descobriu o endereço e acionou a polícia”, detalhou o delegado.

Ainda, segundo o delegado, os acusados confessaram que acolheram as meninas, mas negam que tenham abusado delas. As adolescentes revelaram em depoimento que fugiram porque não queriam mais morar com a mãe.

Texto: Extra de Rondônia

Foto: Extra de Rondônia

 

 

sicoob credisul
vacina 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO