semed vilhenaPor decisão do conselheiro Francisco Carvalho, o Chico Paraíba, o Tribunal de Contas de Rondônia (TCE/RO) suspendeu por tempo indeterminado a licitação aberta pela Prefeitura para compra de alimentos e material de limpeza para atender as escolas do município de Vilhena.

O pregão eletrônico estava marcado para esta segunda-feira, 7 de março e previa a aquisição de 1,5 toneladas de polpas de fruta, 600 botijas de gás, 8 toneladas de carne e frango, 6 mil pães, 3,6 toneladas de açúcar, 15 toneladas de arroz, 4 toneladas de feijão, 10 mil rolos de papel higiênico, entre outros itens de higienização.

O edital foi autorizado pelo prefeito José Rover e a ex-secretária de Educação, Sandra Melo, mas foi invalido por causa das “graves irregularidades”.

Os recursos para pagamento dos fornecedores eram oriundos de verbas federais transferidas pelo Ministério da Educação.

 

Texto: Extra de Rondônia (Com informações do Rondoniagora)

Foto: Dvulgação

sicoob credisul
vacina 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO