O professor Antônio Lima Fidelis, de 64 anos, que foi acusado por cinco crianças e uma jovem, de abuso sexual, em uma escola do município de Cabixi e teve a prisão decretado no início da semana passada, se apresentou neste sábado, 14, na Unidade Integrada de Segurança Pública (Unisp) de Colorado.

O professor, que estava em companhia de um advogado, foi recolhido ao presídio da cidade para o cumprimento da prisão temporária pelo prazo de 30 dias, a partir de hoje.

De acordo com o delegado Rodrigo Spiça de Cerejeiras, que também está responsável pela delegacia do município, na próxima semana o suspeito será ouvido, assim como mais duas testemunhas, e ele enfim, juntará os laudos para a conclusão do inquérito.

 

Texto: Extra de Rondônia

Foto: Divulgação

sicoob credisul
vacina 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO