Queimada 728×90

 

Na noite desta terça-feira, 2, Ivani da Silva, estava no Hospital Regional de Vilhena (HRV), e ficou indignada com a falta de respeito e responsabilidade dos profissionais que comandam o maior hospital do Cone Sul.

De acordo com Ivani, por volta das 14h15, uma adolescente diagnosticada com depressão deu entrada de forma lastimável, precisando com urgência de atendimento.

Porém, nesse ponto, Ivani ressalta que a paciente foi bem atendida no pronto-socorro, mas ai começa a indignação dela e da mãe da adolescente, que após passar pelos procedimentos médicos foi colocada num local denominado “Sala Azul”. Entretanto, neste local havia um rapaz que estava tendo crise de epilepsia, fato que deixou a garota nervosa e ela também entrou em crise e teve que ser atendida novamente.

Ivani conta que a mãe da menina pediu para as enfermeiras tirar a garota daquele local e levar para um lugar mais calmo devido a seu estado. Contudo, a cama que a paciente estava foi colocada no corredor do hospital.

Ivani diz que a mãe da adolescente pediu que tirassem sua filha do corredor e colocassem em um local mais apropriado, mas ouviu que não havia leitos disponíveis.

O OUTRO LADO

A reportagem do Extra de Rondônia entrou em contato com Ana Carla, diretora do HRV, onde prontamente deu sua versão do caso.

De acordo com a diretora, estava a par da situação e negou que a paciente estava no corredor, mas sim numa sala em frente ao pronto-socorro destinada a pacientes que estão à espera de vaga para serem internadas. Ana Carla, explica que o HRV está superlotado, por isso, acontece imprevistos. Porém, a (foto abaixo) mostra a cama no corredor do hospital.

Contudo, a diretora diz estar otimista, pois está aguardando a ativação da Unidade Pronto Atendimento (UPA), e o término da construção da maternidade. Com isso, vai ser disponibilizada a ala da obstetrícia para agregar mais leitos ao hospital.

 

Texto: Extra de Rondônia

Foto: Internauta

segurança – 468×60

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO