Queimada 728×90

 

Coronel Chrisostomo / Foto: Divulgação

A convite do presidente da Associação Rondoniense de Municípios (AROM), prefeito de Theobroma, Claudiomiro Santos, o deputado federal Coronel Chrisostomo participou do I Fórum Municipalista promovido, na segunda-feira 10, pela entidade no município de Cacoal para tratar da reforma da previdência, unificação dos mandados eletivos, pacto federativo, dentre outros assuntos importantes para a administração municipal.

Com o tema “União, Reformas e Desenvolvimento” o encontro reuniu prefeitos, vice-prefeitos, vereadores de todo o Estado, empresários, autoridades política, representantes de entidades de classes e de segmentos da sociedade.

Na oportunidade o deputado reforçou seu apoio a todos os municípios de Rondônia e colocou, mais uma vez, meu gabinete a disposição de todos para discutir demandas que venham somar para o desenvolvimento dos municípios.

“Estou pronto para receber em meu gabinete tanto em Porto Velho quanto em Brasília, os prefeitos, vereadores e demais representantes da sociedade”, ressaltou o Coronel.

Outro ponto importante citado pelo deputado é o fato de ter acesso fácil aos ministérios do governo Bolsonaro, que facilita para resolver as demandas dos municípios, a exemplo do aeroporto de Ariquemes que teve o recurso assegurado devido uma intervenção do deputado. Assim também como outros setores que precisam de ajuda.

“Ainda em junho, faremos uma audiência para tratar da regularização de minérios na cidade de Ariquemes com diversas autoridades e órgãos responsáveis pela fiscalização do setor. Do mesmo modo faremos uma audiência em Guajará-Mirim para discutir a respeito da Zona Franca para facilitar a exportação e importação do comércio do município”, finalizou Chrisostomo.

Evento teve como pauta a reforma da previdência, unificação dos mandados eletivos e o pacto federativo / Foto: Divulgação
saude 468×60

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO