Fiscalização aconteceu no distrito de Guaporé, em Chupinguaia / Foto: Ilustrativa

T.R.S; de 36 anos, foi detido pela Polícia Militar Ambiental de Vilhena (PMA) na noite de domingo, 11, na BR-364, no distrito de Guaporé, região de Chupinguaia, por posse de ama de fogo.  O caso foi registrado na Unidade Integrada de Segurança Pública (UNISP).

De acordo com o boletim de ocorrência, uma viatura da PMA, durante um patrulhamento de rotina, abordou um veículo Ford Ranger  e durante a revista, os militares encontraram uma pistola Glock e 60 munições embaixo de um banco dianteiro.

Em seguida, o condutor do veículo disse ser vice-presidente Associação de Aeromodelismo de Cacoal (AACRO) e alegou que a arma e as munições são dele, e recebeu voz de prisão.

Em depoimento, o flagranteado informou que é sócio de um clube de tiros e apresentou um guia de trânsito de arma expedida pela Polícia Federal (PF), que o autoriza o transporte e uso de arma da sua residência para o Clube. Mas, segundo a PM, o documento não lhe concede o direito de andar armado fora da área de deslocamento autorizada pela PF.

Ele ficou detido à disposição da justiça. A arma e as munições foram apreendidas.


COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO