Prefeito coloradense e autoridades do MEC e Rondônia / Foto: Divulgação

O prefeito de Colorado do Oeste, José Ribamar, participou nesta segunda feira, 02, na Reitoria do Instituto Federal de Rondônia em Porto Velho (IFRO), de uma reunião com o secretário de Educação Profissional e Tecnológica (Setec) do Ministério da Educação (MEC), Ariosto Antunes Culau.

O representante do MEC esteve na capital com o objetivo de ouvir os representantes dos municípios, levantar demandas e necessidades visando desenvolver e ampliar ações educacionais através do IFRO nas cidades rondonienses.

Da reunião, também participaram Silvilene Souza da Silva (Coordenadora-geral de Desenvolvimento de Pessoas da Rede do MEC), Uberlandio Tiburtino Leite (Reitor do IFRO), além de secretários municipais, prefeitos, pró-reitores e servidores do IFRO.

Representando a Associação Rondoniense de Municípios (AROM), na condição de Diretor, Ribamar, falou da importância do IFRO no processo educacional de jovens e adultos nos municípios de Rondônia, assunto que também foi fortalecido pelo prefeito Claudio Santos, de Theobroma, que é presidente da entidade.

O mandatário coloradense, que é servidor do IFRO há 25 anos, fez uma contextualização da contribuição dada pelo IFRO para o desenvolvimento socioeconômico do Estado de Rondônia.

E, também, solicitou ao representante do MEC a implantação do curso de Medicina Veterinária no Campus do IFRO de Colorado do Oeste.

Para o prefeito, o curso, além de ajudar diversos jovens da região, contribuirá de forma permanente, para o fomento da economia local, gerando renda, empregos e oportunidades.

Reunião aconteceu nesta segunda feira, 02, na Reitoria do Instituto Federal de Rondônia em Porto Velho (IFRO) / Foto: Divulgação

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO