Estamos em guerra 728×90

 

Luizinho Goebel / Foto: Divulgação

A cidade de Vilhena agora conta com 10 novos conselheiros tutelares, eleitos para um período de quatro anos. A solenidade de posse aconteceu na manhã desta sexta-feira 10, e foi realizada no auditório da prefeitura de Vilhena.

O evento, marcado por reconhecimentos e homenagens, teve a presença do deputado estadual, Luizinho Goebel (PV) que, ao fazer uso da palavra parabenizou os novos membros do Conselho Tutelar, e ainda falou um pouco sobre os desafios que irão enfrentar nessa fase.

“Hoje se inicia uma nova etapa para os eleitos.  Parabenizo a cada um pela conquista, desejando-lhes sucesso nesta jornada que não é fácil, mas que com muito trabalho, zelo e responsabilidade irão garantir a proteção de nossas crianças e adolescentes. O papel do conselheiros dentro da sociedade é de suma importância. Sucesso e um ótimo trabalho!”, destacou Goebel.

Durante o evento, o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) homenageou o parlamentar estadual, entre outros, pelo apoio e participação no processo de escolha unificada dos conselheiros tutelares.

“Minha gratidão pela homenagem. A direção do conselho municipal está de parabéns pelo trabalho sério e comprometido que vem realizando na cidade em prol de nossas crianças e adolescentes”, salientou ele.

Até o ano passado, Vilhena contava com cinco conselheiros para atender uma demanda grande de ocorrências. Agora, em 2020, a cidade inicia o ano com implantação da segunda sede e com 10 membros aptos para prestar serviços à comunidade de forma ainda mais eficaz.

Solenidade ocorreu na manhã desta sexta-feira / Foto: Divulgação
Estamos em guerra 468×60

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO