Prefeito Laércio Marchini e vereador “Caveirinha” / Fotos: Extra de Rondônia

Através de sua página pessoal na rede social Facebook, o presidente da Câmara de Corumbiara, Valdinei Espíndola, o popular “Caveirinha”, mandou um recado ao prefeito Laércio Marchini (PDT): “Vou compartilhar até o Prefeito atender os pedidos. E se não atender esse pedido, veremos o quanto os servidores da secretaria de saúde são importantes para ele”.

A declaração, seria uma espécie de “intimidação” ao mandatário para aprovar o requerimento nº 006/2020, solicitando do Executivo o pagamento de 40% de adicional de insalubridade aos servidores da área da saúde em decorrência do combate à pandemia do convid-19.

Na tarde da última quarta-feira, 5, “Caveirinha” informou que protocolou na prefeitura ofício requerendo que o prefeito encaminhe o projeto à Câmara com urgência.

Os posts geraram comentários favoráveis ao parlamentar e críticas ao prefeito.

Postagem de “Caveirinha” na rede social Facebook / Foto: Divulgação

Contudo, Laércio, ouvido pelo Extra de Rondônia, esclareceu vê motivação política nas declarações do parlamentar via rede socia.

Ele disse que não ignora o vereador e que apenas segue determinação do setor jurídico da prefeitura.

Quanto ao adicional aos servidores da saúde, o prefeito disse que ele mesmo encaminhou o caso ao jurídico após recebeu uma comitiva de profissionais.

“Mas, o momento é oportuno na questão da política, talvez seja a razão. A Prefeitura aguarda posicionamento do procurador jurídico do Município; eu mesmo já solicitei este projeto de Lei ao Departamento Jurídico. Eu já havia recebido a visita de alguns motoristas e enfermeiros solicitando o adicional”, encerrou.

sicoob credisul
vacina 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO