Estamos em guerra 728×90
Viviane Plaça / Foto: Divulgação

O site Extra de Rondônia entrou em contato com todas as pessoas anunciadas como candidatos a vice-prefeito pelos partidos que lançaram chapas para concorrer às eleições deste ano em Cacoal e foi informado de que Viviane Lourenço Plaça, que teve seu nome lavrado em ata como candidata a vice-prefeita pelo PROS, não é candidata (leia mais AQUI).

Ao site, ela se limitou a dizer que “não irá disputar as eleições”.

O motivo, conforme apurado pelo Extra de Rondônia, é que ela não se desincompatibilizou como servidora da Assembleia Legislativa.

Este jornal aguarda manifestação oficial do vereador e candidato do PROS sobre quem será o candidato a vice que irá substitui-la, em razão desse impedimento legal.

Conforme ata do PROS, o próprio vereador Jabá, se quiser, pode desistir de ser candidato a prefeito e lançar-se como candidato a reeleição à Câmara Municipal.

Na sessão plenária desta segunda-feira, porém, o vereador confirmou que é mesmo candidato a prefeito porque quer, segundo ele, ser uma terceira via à polarização Glaucione/Fúria.

Em seu discurso, Jabá diz que como tem gente que não vota nem em “A” e nem em “B”, “está nascendo o ‘C’ de Cacoal, ‘C’ de certeza”. A nossa gente não pode passar o que está enfrentando por falta de gestão”.

 

Estamos em guerra 468×60

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO