Queitiane Rodrigues e Andreia Machado/Foto: Divulgação

Na noite desta quinta-feira (24), foi realizado o lançamento da Revista Cultura Aventuras na Amazônia, que tem como objetivo retratar e valorizar as manifestações culturais presentes em Vilhena (RO).

A jornalista Andréia Machado que é coordenadora deste projeto cultural explicou que por causa da quarentena decretada devido à pandemia do Covid-19 o lançamento da revista aconteceu online através de uma live realizada no canal do You Tube do Serpentário Produções.

O lançamento contou com a participação da jornalista Queitiane Rodrigues e dos produtores culturais Marcio Guilhermon e Washington Kuipers que fazem do Ponto de Cultura e Mídia Livre Serpentário Produções e da Associação Cultural Diversidade Amazônica.

Durante a live Andréia Machado lembrou que o projeto da revista foi contemplado pelo “Prêmio Funarte Descentrarte” na categoria produção literária.

Feliz a jornalista informou que a revista começará a ser distribuída gratuitamente nas bibliotecas, centros culturais e escolas públicas de Vilhena. Além disso, também foi disponibilizada a versão online em PDF, clique (AQUI).

“Estou muito feliz com o lançamento da revista, a equipe que participou do projeto trabalhou com dedicação para produzir um conteúdo diversificado e de qualidade”, ressaltou a jornalista que destacou que a revista é totalmente voltada para cultura.

Andréia Machado agradeceu ao Centro de Treinamento e Cultura Sicoob Credisul por disponibilizar os espaço para a realização da live de lançamento da revista e também ao apoio do Dj. Kalil e ao comunicador Eryk Henrique. Mais informações sobre a revista podem ser obtidas através do telefone (69) 98119-1055.

sicoob credisul

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO