Estamos em guerra 728×90
Gilei conversando com servidores públicos / Foto: Assessoria

Destaque na última semana por seu estilo singular de levar suas propostas de campanha, o candidato a vereador em Vilhena, Gilei Careca, do PSC, anunciou ao Extra de Rondônia que abriu mão do Fundo Especial de Financiamento Público de Campanha ao qual teria direito para disputar as eleições deste ano.

Concorrendo pela primeira vez a um cargo político, Gilei, que é servidor público efetivo, explicou o motivo de não usar o dinheiro eleitoral.

“O Brasil atravessa por sérias dificuldades econômicas devido ao coronavírus. Tenho certeza que esse recurso será melhor aplicado na área de saúde”, pondera. Ele segue a linha de raciocínio da candidata a prefeita que apoia, Rosani Donadon (PSC), que também abriu mão do recurso.

Gilei também informou que sua campanha, que iniciou há poucos dias, é através do corpo-a-corpo, dialogando com os vilhenenses sobre os projetos que podem melhorar o município.

“Levamos nossas propostas dentro da realidade local de Vilhena. O vereador, que é o fiscal do Executivo e aquele que participa diretamente na aplicação da legislação, tem que trabalhar com independência, analisando as necessidades dos munícipes de forma ampla, não sendo ‘refém’ de prefeito, mas sim trabalhando em harmonia. Assim será minha atuação, caso chegue a assumir uma das 13 cadeiras da Câmara Municipal”, observa.

Dilei informou que continuará com sua programação de atividades neste final de semana, que prevê visita aos bairros da cidade.

Candidato percorre os quatro cantos do município levando suas propostas de trabalho / Foto: Assessoria

 

 

Estamos em guerra 468×60

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO