Prefeito e vice foram recepcionados pelo diretor da unidade / Foto: Divulgação

Na última quarta-feira, 19, o prefeito Adailton Furia (PDT), o vice-prefeito Cássio Gois e representante do Governo do Estado, estiveram presentes no míni presídio de Cacoal a convite do Diretor Geral da unidade, Gilberto Santos de Andrade.

O motivo: unir forças para buscar uma estrutura municipal para aumentar a capacidade de trabalho laboral dos detentos.

O projeto tem por finalidade a criação de espaços para desenvolvimento de atividades laborais e de aprendizagem profissional, como pedreiros, carpinteiros, costureiras, marceneiros, mecânicos e vários outros, objetivando a inclusão social do sujeito em cumprimento de pena através do trabalho.

Fúria conheceu as instalações, os produtos e conversou com detentos inseridos no projeto e colocou a prefeitura à disposição.

“Gilberto, pode contar com a nossa gestão, vamos trabalhar juntos, pois sabemos dos benefícios do trabalho para os apenados. Com certeza é um passo em direção à reinserção na sociedade. Em breve, marcaremos outra reunião já para definirmos entre as opções, a mais viável, onde será feito e como será feito”, explicou.

Para Cássio Góis, iniciativas como essas ajudam a fomentar ações de cidadania, responsabilidade social e geração de renda, já que hoje há 35 homens e 10 mulheres no programa, sendo possível observar resultados importantes e com o apoio da prefeitura a capacidade pode aumentar significativamente.

Trabalho feito por detentos / Foto: Divulgação
sicoob credisul
vacina 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO