Foto: Reprodução

Nesta terça-feira (1) um homem foi preso pelo mesmo crime em Cacoal (RO) em menos de dois meses. O suspeito é investigado por falsificar diplomas de graduação e certificados do ensino médio.

Ele já havia sido detido em abril durante a Operação Loki, mas ficou pouco tempo em prisão preventiva.

A ação foi deflagrada pela Polícia Civil para combater um grupo suspeito de vender diplomas falsos e fazer cartões de crédito usando CPFs e dados de terceiros. Segundo a polícia, a perícia identificou que a quadrilha vendeu pelo menos 50 diplomas falsos, todos de conclusão do ensino médio.

O delegado responsável pelo caso, Alexandre Baccarini, informou que por questões legais o suspeito acabou sendo colocado em liberdade, mas foi preso novamente, pois verificou-se que o homem continua cometendo os mesmos crimes.

Ainda de acordo com a polícia, foram abertos inquéritos para investigar as pessoas que compraram os diplomas falsos. Pessoas chegaram até a assumir cargos públicos em prefeituras utilizando esses documentos, segundo as investigações.

Os envolvidos podem responder pelos crimes de falsidade de documento público e particular, uso de documento falso e falsidade ideológica.

sicoob credisul

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO