Curso acontece nos dias 21 e 22 de agosto / Foto: Divulgação

Todos os anos, os Bombeiros Civis do Brasil (BC) precisam participar do curso de reciclagem para atualizarem a Carteira de Habilitação Profissional, os conhecimentos teóricos e aprimorarem as técnicas que a profissão exige no combate a incêndio e outros sinistros.

A reciclagem esse ano em Vilhena vai acontecer nos dias 21 e 22 de agosto nas dependências da Faculdade Santo André (FASA). As inscrições já estão abertas e os bombeiros interessados podem procurar a conselheira consultiva da Frente Parlamentar dos Bombeiros Civis para o Sul de Rondônia,  R.Silva. O contato pode ser feito pelo telefone 9 8411-5803.

O curso será ministrado pela S.O.S Bombeiro Civil & Eventos, uma das poucas empresas em Rondônia credenciadas pelo Corpo de Bombeiros Militar para atuar na formação profissional de Bombeiro Civil. A reciclagem terá aulas teóricas e práticas com o comandante BC Jesus que estará em Vilhena com uma equipe de monitores auxiliares, todos devidamente credenciados pelo CBM/RO.

“A S.O.S é a escola número um em excelência na área de formação de Bombeiro Profissional Civil do Estado de Rondônia. E em agosto estaremos em Vilhena para o curso de reciclagem que inclusive dá direito à renovação da Carteira Profissional dos BC’s”.

A profissão de Bombeiro Civil já é realidade desde 2009 através da Lei Federal 11.901/09 que regulamentou seus direitos e deveres. A reciclagem terá um investimento de cada Bombeiro Civil no valor de R$ 400,00. A arrecadação será investida no translado da equipe da S.O.S Bombeiro Civil e nos custos de hospedagem e alimentação dos profissionais que virão de Porto Velho. As vagas são limitadas e a turma ainda está em fase de formação.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação
sicoob credisul

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO