Foto: Extra de Rondônia

Na noite de sexta-feira, 15, um homem e uma mulher foram flagrados com drogas em uma casa localizada no bairro Cidade Verde II, em Vilhena, após tentarem se esconder ao avistarem uma guarnição da Força Tática da Policia Militar passando na frente do imóvel.

Segundo informações levantas pela reportagem do Extra de Rondônia, os militares passarem na frente de uma casa que estava com as luzes acessas e as portas e janelas abertas, assim como, o portão e um carro parado na frente também totalmente aberto e pararam e para alertar os moradores sobre a facilidade para a atuação de criminosos.

Porém, quando se aproximaram, os policiais viram um casal dentro da casa, que passaram a apresentar nervosismo, tendo o homem entrado no banheiro e a mulher se abaixado rapidamente, se agachada até um dos quartos.

Diante da atitude suspeita do casal, os policias entraram na casa para verificar se realmente se tratavam dos moradores do local e encontraram em posse do homem, 04 invólucros de cocaína, que juntos pesaram aproximadamente 2,4 gramas e a quantia de R$ 300,00.

Questionado sobre a propriedade da droga, o rapaz afirmou ser sua e que comercializa entorpecentes, realizando as vendas através do aplicativo WhatsApp.

Na cozinha da casa os policiais encontraram uma balança de precisão, várias embalagens plásticas similares ad que embalavam a droga que o suspeito portava, 02 porções pesando 07 gramas de maconha, mais 40,6 gramas de cocaína e R$ 111,00.

Questionada se sabia sobre o comércio da droga realizada pelo namorado, a mulher afirmou que não, mesmo todos os produtos estando na casa dela.

Como o rapaz confirmou a versão da namorada, recebeu voz de prisão e foi apresentando na Delegacia da Policia Civil para o registro do caso.

 

sicoob credisul

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO