Município de Cerejeiras/Foto: Divulgação

O Ministério Público de Rondônia (MP/RO) discutiu uma agenda de ações e operações ambientais no Município de Cerejeiras em reunião realizada na última terça-feira, 10, com integrantes da Polícia Militar Ambiental.

O encontro abordou o processo de degradação ambiental do Rio Araras e medidas para recuperação da região.

Na reunião, o Promotor de Justiça Fernando Henrique Berbert Fontes mencionou o rio como principal fonte de captação de água na cidade, destacando a necessidade de um trabalho de regeneração de suas margens, sendo imperativa a participação integrada de agentes da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Ambiental (Sedam) e Polícia Ambiental.

Na ocasião, o integrante do MP lembrou que, no período de estiagem, a população de Cerejeiras enfrenta problemas de desabastecimento, chegando a ficar totalmente sem água, dependendo unicamente de poços artesianos. Como solução, apontou a instalação de um posto da Polícia Ambiental no Município para dar cumprimento às ações ambientais na região do Rio Araras e, ainda, em Pimenteiras do Oeste.

No encontro, foi estabelecida a realização de ações estratégicas e operações periódicas na área que vem sendo impactada pela degradação.

Estiveram presentes à reunião o Major da Polícia Militar Ambiental, Adenilson Silva Chagas; o Tenente da Polícia Militar Ambiental, Jeferson Pinto de Melo e Cabo da Polícia Militar Ambiental, Aldemir Bento.

sicoob credisul

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO