mercado paulista

POLITEC atrai grande público em estande montado na 33ª Expovil

Arquivado em: Eventos |

 

A reportagem do Extra de Rondônia visitou o estande da Polícia Técnico-Científica do Estado de Rondônia (POLITEC/RO) montado na 33ª Expovil, ocorrida do dia 04 a 08 do mês corrente, onde foram apresentadas suas diversas áreas de atuação.

Foram expostos diversos materiais referentes a ampla gama de atuação, que conta com  Perícias em Impressões Papilares, Perícias de Balística, Perícias de Crimes contra o Patrimônio, Perícias em Locais de Morte Violenta, Perícias Ambientais, Perícias em Informática, Perícias em Documentos, Perícias Grafotécnicas, Química Forense, Genética Forense e Fonética Forense.

A equipe da POLITEC de Rondônia, conta hoje, com peritos criminais oficiais de diferentes áreas, como: Engenheiros, Contadores, Geólogos, Químicos, Biólogos, Administradores, Analistas de Sistemas, dentre outros, assim como, com vários Mestres e Doutores em suas áreas de atuação.

De acordo com o peritos, que realizaram as exposições de equipamento e cenas de crimes fictícios, o objetivo foi mostrar à população o quanto é ampla a área de atuação da Perícia Criminal Oficial exercida pela POLITEC/RO, desmistificando o que muitos pensam, que são feitas perícias somente em acidentes de trânsito e mortes violentas.

Com o objetivo plenamente atingido, tendo o estande recebido um grande número de pessoas em todos os dias da exposição, os envolvidos, que vieram de diversas cidades do Estado, alternando seus horários entre a exposição e os cumprimentos de plantões, afirmaram que muito se animaram em se fazerem presente nas próximas exposições trazendo novas tecnologias para apresentar à população.

 

>>>>>>>>>>Clique na Imagem para ampliá-la>>>>>>>>>>

Texto: Extra de Rondônia

Fotos: Extra de Rondônia

 

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve, em especial, aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO