dengue 728×90 – 2
Andréia Machado venceu na categoria Jornalismo Impresso
Andréia Machado venceu na categoria Jornalismo Impresso

A jornalista Andréia Machado venceu o Prêmio de Jornalismo promovido pelo Ministério Público de Rondônia na categoria “jornalismo impresso”.

A premiação foi entregue na noite dessa quinta-feira, 5, no edifício-sede do órgão, em Porto Velho.

Andréia recebeu o prêmio pela reportagem publicada na Revista Imagem “Crimes ambientais” que teve como tema a fiscalização realizada pelo Ministério Público de Vilhena em danos ambientais causados por loteamentos no município.

A terceira edição do evento contou com 20 trabalhos inscritos em quatro categorias: Jornalismo Impresso, Telejornalismo, Radiojornalismo e Jornalismo On-Line. Os jornalistas vencedores receberam uma premiação de R$ 6 mil, mais troféu e certificado.

Na categoria webjornalismo a editora do G1, Taísa Arruda, venceu com a reportagem ‘Termópilas completa 1 ano com 5 pessoas condenadas por corrupção’. Já na categoria telejornalismo a repórter Kêyla Xavier da TV Rondônia venceu com a reportagem ‘Conte até 10’. Na categoria radiojornalismo venceu a repórter Evelyn Morales, da Rádio Transamérica, com a matéria ‘Educar: verbo de ação’.

Puderam concorrer ao prêmio reportagens publicadas ou veiculadas no período de 31 de outubro de 2012 a 31 de outubro de 2013, podendo cada profissional inscrever no máximo três trabalhos.

Segundo Héverton Alves de Aguiar, procurador-geral de Justiça, o prêmio teve como objetivo estimular, divulgar e prestigiar matérias jornalísticas veiculadas na imprensa com o tema “Cidadania: Direito de Todos”, englobando ações que envolvem competências e atribuições constitucionais do Ministério Público do Estado de Rondônia. O prêmio teve também a finalidade de contribuir para o melhor entendimento, pela sociedade e pelo poder público, sobre a importância das atividades e da função social do MP.

Texto: Extra de Rondônia

Informações: Assessoria MP

Foto: Matias Siqueira

dengue 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO