Estamos em guerra governo 728×90  – ALE celular 300×250
Estamos em guerra 468×60

 

estupro-capaNa noite deste domingo, 26, por volta das 20h40, a Polícia Militar foi acionada por populares onde relataram que uma mulher estava desorientada e pedia por socorro próximo a funerária São Mateus.

Rapidamente uma guarnição foi até ao local e encontrou a vítima B; de 22 anos, ela falou aos policiais que está na cidade há apenas três dias e havia saído para ir ao mercado por volta das 20h10

De acordo com a vítima ela foi até a um supermercado no centro, mas não sabia que no domingo à noite o estabelecimento não abria.

Contudo, quando voltava para casa percebeu que um carro de cor branca estava a seguindo, ela começou a pedalar a bicicleta mais rápido e conseguiu atravessar a rodovia saindo na Avenida Celso Mazutti, mas foi alcançada pelo veículo, onde dois homens ordenaram que ela parasse, caso contrario a mataria.

A jovem parou e o motorista desceu e a jogou no banco traseiro andou poucos metros até um terreno baldio e escuro, no bairro Jardim América, e lá a violentou, e a todo o momento falava se ela gritasse acabaria com sua vida.

A moça declarou que apenas o rapaz que dirigia o carro praticou a selvageria, mas o outro nada fez para impedir o comparsa de praticar a atrocidade.

A jovem ficou nas mãos dos bandidos aproximadamente quarenta minutos. A vítima disse que o homem que a estuprou é branco, mais ou menos 1.70 de altura, magro e vestia uma blusa de moletom xadrez e shorts Jens de cor azul.

O estuprador está com a mão esquerda ferida, devido uma mordida que levou da vítima. O caso foi registrado na Delegacia de Polícia Civil.

Terreno baldio e cheio de mato as margens da Avenida Celso Mazutti, onde a jovem provavelmente foi violentada.
Terreno baldio e cheio de mato as margens da Avenida Celso Mazutti, onde a jovem provavelmente foi violentada.

Fonte: Extra de Rondônia

Texto e Fotos: Carlos Franco

estamos em guerra 728×90 2
covid 468×60

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO