dengue 728×90 – 2

DSC_0351340% de economia, três vezes mais capacidade de iluminação, melhor ganho de rendimento, não produz calor, maior durabilidade, suporta variação de temperatura sem ser danificada. Essas e outras qualidades do sistema de iluminação em LED foram apresentadas pelo especialista da Eletrobrás no assunto, o líder local da concessionária, Carlos Alberto Neri, na manhã desta terça-feira, 18, em palestra realizada na Câmara de Vereadores de Vilhena, a pedido do vereador, vice-presidente da casa, Junior Donadon (PMDB) que contestou o veto do prefeito Zé Rover (PP) ao projeto de lei número 4241/2014, de autoria do parlamentar, propondo a substituição das lâmpadas tracionais pelo LED.

O Prefeito alegou que a proposta iria onerar os cofres públicos, e que não era de responsabilidade do poder Legislativo propor alterações neste sentido. Entretanto a apresentação do representante da Eletrobrás foi específica: “Em 4 anos a economia gerada pelo sistema LED pagaria o investimento feito no município”, disse Carlos Alberto Neri. Isso porque as lâmpadas têm inúmeras vantagens sobre o atual sistema de iluminação usado, o de vapor sólido de sódio. “Esses equipamentos esquentam muito, e há maior possibilidade de ser danificado. Outro fator que gera um custo aos cofres públicos é a manutenção do reator, que consome 10% do gasto total para se manter em funcionamento”, especificou o profissional.

O município de Vilhena tem hoje uma dívida milionária com a Eltrobrás, que já se aproxima a R$ 50 milhões. Para o autor do projeto de lei vetado pelo Prefeito, Junior Donadon, a mudança dos equipamentos de iluminação seria uma forma inicial para gerar menos custos aos cofres municipais. “Vilhena estaria na vanguarda. Esse é o futuro da iluminação pública no Brasil. Recebemos diariamente aqui na câmara reclamações de moradores sobre iluminação. Com a instalação das lâmpadas de LED, além de acabar com as lâmpadas queimadas, o município economizará no consumo de energia, e poderá realizar expansão elétrica com mais facilidade”, defende Junior Donadon.

O vereador disse que não irá desistir da promulgação da proposta, e irá se reunir com seus pares para tentar um acordo junto ao prefeito. “Esse projeto trará economia ao município. É uma excelente alternativa para sanar dezenas de problemas em iluminação pública de uma vez só”, arrematou o vereador.

 

Carlos Alberto Neri avalia que em quatro anos a economia gerada cobrirá as despesas com a conversão
Carlos Alberto Neri avalia que em quatro anos a economia gerada cobrirá as despesas com a conversão

 

 

Fonte: Extra de Rondônia

Texto: Rômulo Azevedo

Fotos: Rômulo Azevedo

 

 

dengue 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO