Estamos em guerra governo 728×90  – ALE celular 300×250
Cleberson e Fabiane visitaram a redação do site
Cleberson e Fabiane visitaram a redação do site
Estamos em guerra 468×60

A paródia “Seios do Brasil”, uma referência à música “Seios de Minas”, da cantora Paula Fernandes, ganhou destaque nacional.

Ela foi feita pelos vilhenenses Cleberson Nogueira, Fabiane Rozella e Danieli Rosella.

O vídeo da parodia foi postado na quarta-feira, 2, no Facebook, e já teve mais de 18 mil visualizações. Além disso, o vídeo também foi compartilhado na página do “Jornal Rational”, do programa do Ratinho, no Facebook.

Em visita a redação do Extra de Rondônia, Cleberson e Fabiane explicaram que a paródia teve como objetivo fazer uma crítica aos problemas sociais do país.

A letra da paródia foi escrita por Fabiane, que contou que ainda está “assustada” com a repercussão do vídeo. “Eu não sou cantora e nunca tive a pretensão de ser. Sinceramente, não esperava esse sucesso. Então, estou me acostumando com a atenção que as pessoas estão demonstrando através das redes sociais. Diariamente recebo recados no Facebook, me parabenizando pela paródia. Isso é muito bom”, disse Fabiane.

Já Cleberson, que é produtor musical, afirmou que após o sucesso do vídeo, muitos internautas cobram que sejam postadas mais paródias pelo grupo. Cleberson informou que a empresa Alpha Produções ofereceu para gravar um clipe da paródia com mais produção. “O clipe deve sair, em breve, e por enquanto estamos estudando as propostas, mas a nossa intenção é produzir mais trabalhos”, informou Cleberson.

>>> VEJA O TRABALHO DOS VILHENENSES NO LINK ABAIXO:

Texto: Extra de Rondônia

Foto: Extra de Rondônia

estamos em guerra 728×90 2
covid 468×60

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO