Estamos em guerra governo 728×90  – ALE celular 300×250
Deocleciano Filho não prestou esclarecimentos à sociedade
Deocleciano Filho não prestou esclarecimentos à sociedade
Estamos em guerra 468×60

E parece que o prefeito de Corumbiara, Deocleciano Filho, não está nem aí com a sociedade. Ele, até agora, não foi capaz de prestar esclarecimentos a respeito da atitude do seu secretário municipal de agricultura, Ivan Nardoni, que foi detido, e multado, por dirigir embriagado um carro da prefeitura.

O fato aconteceu em 18 de outubro de 2013, em Porto Velho, mas só veio à tona após reportagem do Extra de Rondônia no dia 20 de março passado.

Passados quase dois meses desde a veiculação da matéria, o prefeito não veio à público esclarecer o caso, que, inclusive, está sendo investigado pelo Ministério Público, que abriu inquérito civil.

Nardoni foi “convidado” a ir até a tribuna da Câmara de Vereadores para se defender das acusações, mas acabou se comprometendo ainda mais. Ele recorreu da multa, porém a Junta Administrativa de Recursos de Infrações (JARI), do Departamento Estadual de Trânsito de Rondônia, indeferiu o processo imposto pelo secretário.

Apesar das pressões da opinião pública, o caso acabou sendo abafado, e apenas três vereadores pediram explicações ao prefeito: o presidente da Casa de leis, Valdinei Antônio Coelho (PT), o popular “Nenzinho do Sindicato”; Valdinei da Costa Espíndola, o popular “Caveirinha”; e Wilmar José Cardoso, o conhecido “Bagunça”. Os demais não se manifestaram sobre o caso.

Documentos comprovam que Deocleciano Filho esteve em Porto Velho na data em que o fato aconteceu. Entretanto, não há confirmação se ele esteve junto com o secretário no momento do flagrante.

 

>>> LEIA MAIS A RESPEITO DO ASSUNTO NO LINKA ABAIXO:

 

http://www.extraderondonia.com.br/2014/03/20/corumbiara-secretario-e-multado-por-dirigir-bebado-carro-oficial-em-porto-velho/#

 

Texto: Extra de Rondônia

Foto: Extra de Rondônia

estamos em guerra 728×90 2
covid 468×60

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO