Estádio
Estádio “Portal da Amazônia” é palco de confrontos esportivos estaduais e nacionais

Está decidido. O VEC não contará na temporada 2015 com apoio financeiro da prefeitura de Vilhena. A declaração é do prefeito Zé Rover, em visita à redação do Extra de Rondônia nesta terça-feira, 13.

Conforme o chefe do executivo municipal, a prefeitura ajudou o time vilhenense em cinco edições da Copa do Brasil mas, nesta temporada, não participará financeiramente. Na avaliação de Rover, falta no time uma boa administração.

Entretanto, o prefeito se dispor a “correr”, junto com a diretoria do VEC, atrás de empresários da cidade que possam ajudar o time. “Já é hora do time ter recursos próprios para manter seu elenco, Porém, até agora não tem, após diversas vitórias em torneio estaduais e participações em nível nacional. Está faltando organização no clube”, disse.

Ainda, Rover ofereceu ao time estrutura física para a realização do jogo contra Ponte Preta, programado para o dia 3 de março no estádio “Portal da Amazônia”, tais como estádio, transporte e alimentação. “São questões queríamos que debater com a diretoria do Lobo do Cerrado”, ressaltou o secretario de esportes, Wellington Ferreira, que acompanhava o prefeito durante sua visita  a esta página eletrônica.

Em recente entrevista ao Extra de Rondônia, o vice-presidente do VEC, Gaúcho do Milho, garantiu que, caso a prefeitura não ajude o time, os jogos contra a Ponte Preta serão realizados em São Paulo, lugar onde atualmente a base dos “Lobos do Cerrado” estão treinando.

MÁ FASE

O VEC enfrenta uma má fase. Na última semana, o time que representa Rondônia na Copa São Paulo, categoria Sub-20, sofreu duas derrotas – e por elásticas goleadas. A primeira foi de 5 a 0 contra o Flamengo, e a segunda de 5 a 1 contra o Sampaio Corrêa, se despedindo da competição com 10 gols negativos.

 

Texto: Extra de Rondônia

Foto: Extra de Rondônia

sicoob credisul
vacina 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO