seuqestradorO cantor Rodrigo Marim conhecido como “O Sequestrador” que vem causando frisson nas redes sociais vai se apresentar em Vilhena no feriado nesta sexta-feira, 1. O show será realizado no Old Ranch a partir das 23h.

O , que não fica fora de nenhum evento importante vai sortear cinco ingressos para este evento.

O cantor ganhou fama após no fim de novembro 2014, começar a circular na internet e em comunicadores instantâneos de celulares uma imagem e um texto que alertava a mulherada sobre um novo estuprador e sequestrador que estaria rodando por São Paulo, com uma foto do sertanejo Rodrigo Marim.

O que ele não imaginava, é que o falso boato transformaria a carreira dele. Em pouco tempo, o número de seguidores do músico começou a crescer nas redes sociais e ele virou alvo de tiradas bem humoradas das fãs, que começaram a pedir para serem raptadas por Rodrigo.

O seu maior sucesso do cantor e compositor é “O Sequestrador” e já gerou vários comentários na rede sociais e pedidos para trancafiá-lo no quarto. O show promete agitar Vilhena no feriado do Dia do Trabalhador.

Os ingressos parta pista por apenas R$30,00 estão sendo vendidos na Banca do Zoio e na Casa do Ingresso, no Park Shopping Vilhena. Não fique fora dessa, corra e adquira já o seu, os ingressos são limitados. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (69) 8134-4990.

Para concorrer os ingressos basta responder agora a pergunta: “Que dia vai ser realizado o show de Rodrigo Marim em Vilhena?”.

A resposta deverá ser enviada no espaço destinado aos comentários desta matéria, com nome completo, telefone e bairro.

Os nomes dos vencedores serão divulgados na manhã da quinta-feira, 30, no site.

Texto: Extra de Rondônia

Foto: Divulgação

sicoob credisul
vacina 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO