_DSC0022O prefeito José Rover (PP) foi ouvido por mais de quatro horas na sede da Delegacia da Polícia Federal, nesta quarta-feira, 9, em Vilhena.

Convocado para depor, o mandatário foi interrogado a respeito de terrenos cedidos em forma de permuta ao Exército Nacional Brasileiro, em área nobre dentro do perímetro urbano da cidade.

A doação seria para beneficiar 150 famílias que ocupam a área correspondente ao exército, nas proximidades do aeroporto, que fazem parte da Associação Aprovida, Cooperfrutos.

A investigação da PF baseia nos documentos que não correspondem ao valor dos terrenos, sendo a área que seria destinada ao exército (ao lado da escola Zilda) avaliada em R$ 2 milhões.

Em entrevista à imprensa o prefeito declarou que os fatos foram esclarecidos ao delegado Bruno, e que devido as circunstâncias o processo que beneficiaria as famílias da Aprovida está parado por tempo indeterminado, até que a PF avalie novamente a área correspondente._DSC0026

Texto: Extra de Rondônia

Fotos: Extra de Rondônia

sicoob credisul
vacina 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO