Na 9ª sessão ordinária realizada no auditório da Prefeitura Municipal de Vilhena, na noite de terça-feira, 17, por unanimidade os vereadores aprovaram o projeto 018/2018 – da mesa diretora, onde institui a cota para o exercício da atividade parlamentar, ou seja, verba indenizatória.

A verba indenizatória foi criada no ano passado pelos vereadores para por fim a uma série de críticas que estavam recebendo devido ao alto custo com diárias. Porém, o projeto, pois fim as diárias dentro do Estado, mas não as interestaduais.

Contudo, quando foi criada, o valor era de R$ 5 mil, por gabinete e o parlamentar teria que apresentar notas fiscais para ser ressarcido do valor gasto. Mesmo assim as críticas não sessaram por definitivo e então os vereadores entraram em acordo e resolveram reduzir o valor para R$ 3 mil, mas outro acordo foi costurado e fecharam a questão em R$ 3,5 mil.

Entretanto, o Tribunal de Contas expediu uma recomendação para que os vereadores fizessem uma adequação na Lei, no qual foi feita, e na última sessão foi à leitura, discussão e votação, sendo aprovada fixando o valor em R$ 3,5 mil.

Texto e Foto: Extra de Rondônia

 

sicoob credisul
vacina 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO