O presidente da Câmara de Vereadores de Colorado, Evandro Guimarães Prudente (PDT), entrou em contato com a reportagem do Extra de Rondônia e desmentiu as acusações de que teria negado a sala do plenário para a realização da campanha de vacinação contra a gripe no município.

Segundo o vereador, a cerca de 20 dias chegou até ele um ofício emitido pelo secretário de saúde, Gilmar Gervásio, requerendo o saguão da Câmara para a realização da vacinação, pedido que prontamente foi aceito, sendo liberado também bebedouros e banheiros da repartição para os pacientes, assim como a senha da wifi.

Porém, após o início da realização da campanha, que se deu na terça-feira, 24, foi solicitado via telefone pela enfermeira Horana, que é responsável pela vacinação, a sala do plenário, devido a mesma ser mais apropriada para acomodar os pacientes e os servidores, no entanto, como Evandro já não se encontrava mais na cidade, devido estar em viagem a Brasília onde participa de um curso, o vereador pediu para que a mesma entrasse em contato com a diretora geral da Câmara, a fim de verificar se não havia nenhum ofício requerendo a referida sala.

Ainda segundo Evandro, este afirmou que caso não houvesse nenhum requerimento do plenário durante o período da vacinação, de sua parte o mesmo já estaria liberado.

O vereador afirmou que ainda na manhã desta quarta-feira, 25, foi informado de que não havia ofício requerendo a sala solicitada pela equipe epidemiológica e que desde então, os mesmos já tinham sido acomodados no local.

Por fim, Evandro afirmou que assim que estiver de volta ao município, tomará providências legais sobre o assunto, haja vista que possui documentos que comprovem suas alegações e que as evidências deixam claro que alguém está tentando boicotar seu mandato com falsas acusações.

 

Texto: Extra de Rondônia

Foto: Reprodução

sicoob credisul
vacina 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO