covid19 – 728×90-2

O vereador Rafael Maziero (PSDB), autor do Projeto de Lei para a construção das faixas elevadas na área urbana de Vilhena, está indignado com a demora em realizar a pintura que sinalize a presença dos redutores de velocidade.

“Peço urgência na pintura das 5 faixas que foram construídas, antes de que aconteça alguma tragédia. A falta dessa pintura pode ocasionar acidentes e ceifar vidas, não entendo porque está demorando tanto”, desabafou o vereador.

Das 21 faixas elevadas, apenas 5 foram construídas, devido a que o vereador questionou a conformidade da obra com as normas vigentes de trânsito.

Sendo assim, Rafael conseguiu paralisar a obra e solicitou um relatório técnico das faixas no dia 28 de junho. Porém até agora não houve sequer uma resposta da prefeitura.

“As obras continuarão, porém após verificar se está tudo dentro da lei. Porém, neste momento, não há motivo para a demora em pintar as faixas”, finalizou o vereador.

MURUNDU

Na sessão legislativa do início de junho, o vereador Carlos Suchi (Podemos) chamou as faixas de “murundu”, que significa “uma quantidade de qualquer coisa; porção, monte” e culpou o responsável pela obra, que custa R$ 544 mil aos cofres públicos. Relembre AQUI

Vereador afirmou que das 21 faixas elevadas, apenas 5 foram construídas

 

Texto e foto: Assessoria

sicoob credisul
covid19 – 728×90-1

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO