Assinatura ocorreu na última quarta-feira durante a Rondônia Rural Show / Foto: Divulgação

A Cooperativa Mista Agroindustrial da Amazônia (Copama) acaba de anunciar o investimento de R$ 12 milhões na construção de um secador no município de Cerejeiras, no Cone Sul de Rondônia.

Numa cerimônia realizada na 8ª Rondônia Rural Show Internacional, em Ji-Paraná, na manhã de quarta-feira 22, os diretores da Copama, da Sicoob Credisul e da construtora Pagé assinaram o contrato para a construção do secador.

A assinatura ocorreu no estande da Pagé, sendo que a cerimônia teve continuidade no estande da Organização das Cooperativas Brasileiras e Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo em Rondônia (OCB/SESCOOP-RO) e no estande do Sicoob no evento.

Estiveram presentes na cerimônia a diretoria executiva da Copama, Fabio Andreazza, Giandré Passeri e Paulo Maronese, o presidente do Sicoob Credisul, Ivan Capra, o presidente da OCB/SESCOOP-RO, Salatiel Rodrigues e o representante da Pagé Luiz Carlos.

A obra será construída com uma parte composta de recursos próprios e a outra financiada. “O secador será pago com 40% de recursos próprios dos cooperados da Copama e 60% com recursos de financiamento pelo BNDES em 15 anos, com intermediação do Sicoob Credisul. Com isso, mostramos a força dos produtores rurais da região do Cone Sul de Rondônia”, disse Fabio Andreazza.

Para o presidente do Sicoob Norte e da Sicoob Credisul, Ivan Capra, esta união demonstra a força do cooperativismo rondoniense. “Está no DNA da Sicoob Credisul, desde o seu nascimento, o compromisso com o desenvolvimento, o progresso e o crescimento da nossa região. Este empreendimento é um marco da região e do Estado inteiro e vale ressaltar que isso está sendo feito pela força do cooperativismo. Com certeza, este é apenas um projeto inicial, pois certamente virão outros empreendimentos e a Sicoob Credisul será parceira da Copama nos demais investimentos”.

O secador já começará a ser construído a partir de julho. A previsão é que fique pronto em 2020. O empreendimento terá capacidade para processar 750 mil sacas de soja e 750 mil sacas de milho. “Com este secador, estimamos uma renda adicional para os cooperados na casa dos R$ 100 milhões pelos próximos 15 anos e uma renda indireta de igual valor para a região para o mesmo período”, explicou Fabio Andreazza, presidente da Copama.

“Este investimento vai fazer com que o produtor rural aumente a sua renda, vai ter mais segurança na sua produção e vai diminuir as filas nas trades na hora de vender a produção. Além disso, este empreendimento demonstra que o produtor rural é dono do seu próprio destino. O produtor rural hoje não depende mais de políticos e de outras empresas que tomaram seu futuro no passado. Este marco demonstra também a força do cooperativismo”, complementou ele.

Presente no evento, o presidente da OCB/SESCOOP-RO, Salatiel Rodrigues, elogiou a iniciativa dos cooperados da Copama. “Reconhecemos o desenvolvimento da agricultura no estado de Rondônia, que pode ser vista na organização deste evento como a Rondônia Rural Show, pela qual o governo estadual merece aplausos. A construção do secador também demonstra a força produtiva do campo e a união cooperativista dos produtores rurais e das cooperativas, como a Copama e o Sicoob Credisul. Toda a sociedade rondoniense ganhará com este investimento, pois o desenvolvimento da comunidade é um dos princípios do cooperativismo”, disse Salatiel Rodrigues.


COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO