Estamos em guerra 728×90

 

Há cerca de três meses o aterro na lateral da estrada conhecida como “Travessão do Osvaldo da Cachoeira”, que liga a Linha 03 à Linha 05, dando acesso mais facilitado a área urbana de Corumbiara começou a ceder, e com as últimas chuvas a erosão acabou levando mais de metade da pista, impedindo o trânsito de veículos com mais de duas rodas.

O impedimento do uso da rodovia foi levado ao conhecimento do empresário Claudinei Marcon, que denunciou o caso em redes sócias e pretende levar a situação ao Ministério Público.

Segundo Marcon, o travessão é um dos poucos meios de acesso entre o distrito de Vitória da União e a área urbana evitando as serras da linha 05, que com as chuvas ficam muito difíceis de serem vencidas. “É praticamente o único meio de acesso dos produtores da região até a cidade, e agora só está dando para passar o travessão com motocicletas, o que está deixando os produtores daquele setor isolados”, afirmou Marcon.

A revolta maior diz respeito a ausência de resposta da prefeitura com relação ao problema, que foi levado ao conhecimento das autoridades locais ainda em setembro, de acordo com Claudinei. “Muito antes da situação chegar a este ponto os produtores pediram auxílio à prefeitura, mas nada foi feito, e agora a situação ficou desse jeito, o que é inaceitável”, argumenta o empresário.

O caso será levado ao conhecimento do Ministério Público com pedido de providências junto ao Município para resolver a questão, tirando os produtores do isolamento.

https://

 

 

Estamos em guerra 468×60

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO